Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Franklin Sampaio

    19 de Outubro de 2017 por Franklin Sampaio

    Com o início da temporada regular, é dado um ponto final a primeira offseason da nova gestão do Lakers composta por Magic Johnson e Rob Pelinka. Para muitos, o Lakers apenas continuou com sua ineficiência em contratações. Para outros, o Lakers deu um grande passo para as próximas temporadas.

    O Lakers saiu de um dos piores contratos da NBA para um time que terá uma das melhores opções em caixa na corrida em busca de agentes livres no próximo verão. Não pensaram duas vezes sobre apostar em jovens talentos vindos da universidade e até mesmo abrir mão de uma grande promessa para poder ter a flexibilidade financeira.

    D'Angelo Russell por Brook Lopez

    Com a nova diretoria, eles deixaram bem clara uma situação: D'Angelo Russell não era "o cara". E isso se confirmou quando Russell e Timofey Mozgov foram enviados para o Brooklyn Nets, trazendo Brook Lopez e a vigésima sétima escolha do draft. O que Magic disse pouco depois é exatamente o que ele pensa a respeito de alguns jogadores por aí, mas que ele precisa de algo a mais.

    D'Angelo é um excelente jogador, mas o que eu precisava era de um líder. Eu precisava de alguém também que pudesse melhorar os outros jogadores e também com o qual os outros jogadores querem jogar. MagicJohnson

    Mas a grande cartada da diretoria foi unir o útil ao agradável. Se Russell não era o líder esperado para o Lakers, Mozgov era um peso na folha do time e em uma tacada só, Rob Pelinka e Magic Johnson derrubaram três anos de um contrato de $48 milhões, para um retorno de $22,6 milhões.

    O que para muitos soou como uma maluquice em perder um jovem armador em seu segundo ano pra ter direito a mais dinheiro e um pivô em constante ascensão, Brook Lopez não vem ao Lakers a pesseio e a diretoria já deixou bem claro que ele será uma das peças vitais na reformulação do time para as temporadas seguintes. O contrato do pivô termina ao fim dessa temporada e tudo indica que Lopez terá seu contrato renovado como um Laker.

    A nova liderança

    As esperanças depositadas em um jogador novato, com instinto de liderança, com credibilidade e confiança de uma diretoria que já faz de Lonzo Ball o destaque da equipe mesmo antes de entrar em quadra. Com a segunda escolha no draft, Ball veio para assumir o posto de D'Angelo Russell, veio para mostrar ao longo da temporada que é o jogador com potencial de fazer com que seus companheiros cresçam em quadra. 

    Nós sentimos que Lonzo é um talento transcendente, Magic e eu conhecemos o momento para explorarmos seu jogo. A maneira como ele passa a bola, você olha para quarterbacks como Tom Brady e Aaron Rodgers, nós fomos realmente presenteados com ele. Rob Pelinka

    Ball é exatamente o tipo de jogador a se encaixar no sistema armado por Luke Walton, rápido, ótima visão de jogo e consegue bons arremessos do perímetro. A expectativa sobre o jogador é tanta e só aumentou após uma ótima atuação na Summer League, conseguindo anotar triplo-duplo em uma das partidas.

    A chegada de Kentavious Caldwell-Pope

    Ser agente-livre certamente não era o que Kentavious Caldwell-Pope havia planejado, mas era exatamente o que a diretoria tinha em mente. Em um único contrato o Lakers conseguiu trazer um bom defensor, jovem e ainda ter espaço suficiente em seu CAP para buscar uma jogador forte no próximo verão.

    KCP veio para o Lakers em um acordo de $18 milhões para a temporada atual e vai tentar minimizar os erros de defesa apresentados nas últimas temporadas.

    Sua vinda também pode ser um abre alas para uma possível vinda de LeBron James na próxima temporada. Isso porque Rich Paul, agente de Kentavious, é também o agente de LeBron James. Isso é o que os especialistas falam sobre.

    A cartada final - Julius Randle

    E para quem ainda tinha dúvidas sobre o pensamento em investir no próximo verão, mais uma atitude da diretoria deixou as coisas um pouco mais claras. Lakers e Julius Randle não chegaram a acordo algum para uma extensão contratual. Com isso, a diretoria agora tem ainda mais flexibilidade para o próximo verão.

    Mas o Lakers faz questão de sinalizar que quer contar com o Randle nas próximas temporadas, então, como entender o que foi feito?

    Simples! Caso o lakers estenda uma oferta qualificada, eles entrarão com um agente-livre, dando uma retenção de $ 12,3 milhões aos cofres do time.

    É claro que para Randle e seus representantes queriam um contrato significativamente maior do que isso para qualquer extensão, mas cada dólar a mais do que os $ 12,3 milhões, será um dólar a menos em seu CAP.

    Queremos saber o que você achou dessa offseason realizado pela nova diretoria, diz aí pra gente!

    Fala aí!