Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Sérgio Segundo

    30 de Outubro de 2017 por Sérgio Segundo

    A temporada 2017-18 da NBA começou com algo diferente para o Los Angeles Lakers: apesar dos apontamentos, o Power Forward (ala-pivô) da primeira unidade da equipe não foi Julius Randle, mas sim, Larry Nance Jr.

    Em se tratando da posição possivelmente mais disputada da equipe, analisar os PFs não é tarefa fácil, já que três são os fortes concorrentes à titularidade: Julius Randle, o calouro Kyle Kuzma e o principal foco do texto, Larry Nance Jr. Apesar disso, o último apresenta vantagem na disputa devido a alguns fatos:

    A Pequena Lesão de Julius Randle

    Apesar de cometer vacilos em quadra, Randle estava visto como sendo o principal do time em sua posição. Mesmo irritando a torcida com arrancadas improdutivas e baixa produtividade defensiva, não se pode negar que seus números são consideravelmente bons (já que suas médias da última temporada se aproximavam de um double-double) e, por ser um jogador jovem, o seu potencial é amplo. Contudo, durante a última partida do Lakers na pré-temporada (@Clippers), Julius acabou sofrendo uma lesão muscular. Ainda que ele não tenha perdido partidas após o acontecimento, Luke Walton optou por colocá-lo na reserva como peça importante da rotação. Vantagem para Larry, porém, ainda havia outro “empecilho”: Kyle Kuzma.

    O Badalado Calouro Kyle Kuzma

    “O ‘roubo’ do Draft vai ser Kyle Kuzma”, palavras de Magic Johnson. O novato deixou a torcida histérica e esperançosa: apesar de não ser o mais esperado jovem do Lakers (lugar ocupado por Lonzo Ball), os olhares começaram a se virar para ele desde a Summer League de Las Vegas (na qual o Lakers foi campeão e Kuzma foi eleito o MVP da Final). Com altas pontuações, a semelhança entre ele e Devin Booker (Phoenix Suns) começou a ser notada por alguns torcedores: simplesmente pelo fato de serem pontuadores natos. Apesar dos elogios, o técnico Luke Walton já afirmou que é provável sua aparição no quinteto titular ainda nessa temporada, mas o mesmo ainda faz parte da segunda unidade da franquia. Assim, o caminho ficou praticamente livre para que Nance Jr pudesse compor a equipe principal.

    O que Larry Nance Jr Precisa Fazer Agora?

    Como dito no tópico anterior, caso Kyle Kuzma mantenha um bom rendimento, sua aparição como titular é questão de tempo. Mas em se tratando do período atual, a vaga está nas mãos de Nance Jr. Assim como Randle, ele é jovem e pode evoluir muito como ala-pivô (ou até mesmo se adaptando em outra posição). Se uma possível troca envolvendo Julius realmente acontecer, a sua situação ficará mais confortável. Cabe a Larry ter controle emocional, não ser duro consigo, não cometer os erros dos colegas de posição e, por fim, se mostrar um jogador em desenvolvimento e com ampla visão de jogo. Essas são as “chaves” para o sucesso dele na franquia.

    Fala aí!