Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Guilherme Borges

    03 de Novembro de 2017 por Guilherme Borges

    Depois de surpreender e vencer o time do Detroit, o Lakers viajou para Portland e fez um excelente jogo, contudo, deixou a vitória escapar no final, perdendo por 113 a 110.

    No começo do jogo parecia que seria uma “lavada” do Blazers, já que o time começou acertando 6/6 nos arremessos de 3 pts. Contudo, a história mudou nos demais quartos, sendo que o Lakers tirou uma diferença que chegou a ser de 18, e abriu até mesmo 6 de vantagem. Do terceiro quarto em diante as equipes concorreram ponto a ponto e o jogo ficou bonito, com uma disputa entre os pivôs, Nurkic e Lopez, que raramente se vê na NBA atual. Vale destacar que Nurkic fez a pontuação mais alta de sua carreira: 28 pontos em 28 minutos com 60 por cento de aproveitamento nos arremessos.

    No final, a cesta da vitória foi marcada por Damian Lillard que, da linha dos 3, acertou o alvo deixando apenas 0.7 segundos para o Lakers tentar uma última investida. Com uma boa jogada desenhada por Luke Walton, o calouro Kyle Kuzma até teve um arremesso para tentar empatar a partida, contudo, a falta de tempo fez com que o garoto acelerasse o arremesso que acabou não acertando o alvo.

    Pontos negativos

    Novamente tivemos um péssimo aproveitamento dos arremessos de 3 pontos (apenas 22.2 por cento); Larry Nance Jr. deixou a quadra no meio do jogo, e, um raio X após o jogo confirmou que ele quebrou a mão, deixando o nosso atual pivô titular fora por um tempo; a atuação minúscula de Lonzo Ball que parece não ter entrado em quadra.

    Pontos positivos

    O Lakers conseguiu se recuperar de um péssimo primeiro quarto e depois disputou de igual para igual contra um time de playoff; A defesa parece realmente ter se tornado nosso ponto forte; as atuações de Ingram, Lopez, Clarkson, Kuzma e Randle.

    Destaques

    Lopez: 27 pts e 1 blk 29’

    Kuzma: 22 pts e 3 reb 28’

    Ingram: 14 pts, 3 reb e 3 ast 32’

    Clarkson: 14 pts e 4 ast 21’

    Randle: 8 pts e 6 reb 18’


    Fala aí!