Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Rodrigo Medeiros

    27 de Novembro de 2017 por Rodrigo Medeiros

    Brook Lopez veio para Lakers na troca que levou D’Angelo Russel para o Brooklyn Nets. Troca que ainda rendeu Kyle Kuzma ao time Angelino e levou Timofey Mozgov e seu horrível contrato para os nova-iorquinos, sem deixar saudades.

    Lopez está no último ano de contrato e será Agente-Livre (Free-Agent) ao final da temporada, podendo assinar com qualquer equipe. O pivô tem jogado em média 24.3 minutos por jogo e contribui com 14.8 pontos, 5.1 rebotes, 1.9 assistência e 1.8 toco, com 82.7% de aproveitamento nos lances-livres, 51.1% de aproveitamento nos arremessos de quadra. Tem ainda o 3º melhor aproveitamento na linha dos 3 pontos.

    Ao realizar a troca, tanto Magic como Pelinka buscavam limpar a folha salarial para poder contratar ao menos 2 jogadores de nível All-Star pelo contrato máximo. Com contrato de U$D 21.165,675 dólares, será que Brook Lopez faz parte dos planos do Lakers? Valeria a pena continuar com o pivô? Vamos analisar alguns pontos.

    SERIA BROOK LOPEZ A 1ª OPÇÃO PARA PIVÔ?

    Ainda não sabemos quais os planos de Magic e Pelinka para o garrafão, mas ao final dessa temporada na agência-livre (FA), teremos algumas opções mais interessantes como pivô, como DeMarcus Cousins, que em minha opinião deveria ser o plano A para a função de pivô. Outras opções disponíveis no mercado serão: Jahlil Okafor, Nerlens Noel, Jusuf Nurkic (restrito), Kosta Koufos, Dewayne Dedmon (opção do jogador), Aron Baynes, JaVale McGee, Zaza Pachulia, David West e Andrew Bogut.

    Desses, Cousins é a melhor opção. Como um plano B, caso concorde em assinar por um valor na faixa de U$D 15 milhões anuais, apostaria novamente em Brook Lopez. Nurkic seria uma opção interessante, porém o Blazzers pode cobrir qualquer oferta por ele ser agente-livre restrito. Noel e Okafor seriam opções mais baratas caso as negociações com Cousins e Lopez não deem certo.

    Não creio que Brook Lopez aceitaria ser reserva de algum desses pivôs, pois ele tem sim condições de ser titular em várias franquias da NBA. E sua renovação não poderia comprometer o espaço salarial, ou seja, para renovar o vínculo com o jogador teríamos que convencê-lo a assinar por um valor bem abaixo do que recebe atualmente e os reforços nível All-Star ser para outras posições.

    PONTOS POSITIVOS

    Lopez é um jogador importante no ataque e no esquema do técnico Luke Walton, pois é um pivô que consegue espaçar a quadra, tem um bom arremesso de 3 pontos (3º melhor aproveitamento dos arremessos do time) e é um pivô bom tecnicamente.

    Muito criticado pela falta de defesa, ou falta de empenho na defesa, nessa temporada, Brook Lopez tem sua melhor média de Defensive Rating (pontos cedidos a cada 100 posses de bola) com 101, 10 pontos a menos que na temporada passada.

    TEMPO DE QUADRA

    Dos jogadores titulares no momento (Ball, KCP, Ingram, Kuzma e Lopez), Brook Lopez é o único que joga menos de 30 minutos por jogo e isso ocorre porque o técnico Luke Walton tem utilizado Julius Randle na função, que tem se saído bem e tem jogado mais tempo nos melhores momentos do Lakers nos jogos.

    Essa é a temporada que Lopez tem tido menos tempo em quadra na carreira, e viu sua média de pontos, rebotes, assistências diminuírem. Apesar de ser mais técnico e ter um melhor arremesso comparado com Julis Randle, Lopez perdeu tempo de quadra devido à melhor condição atlética e variações táticas que Randle proporciona ao time, deixando o time mais leve, ágil além de Julius ser melhor reboteiro.

    LOPEZ X COUSINS

    Vejamos agora os números de Cousins nessa temporada: 36.1 minutos por jogo, 26.6 pontos, 12.9 rebotes, 5.5 assistências, 1.7 roubo de bola, 1.5 toco, tem ainda 78.1% de aproveitamento nos lances-livres, 52.4% de aproveitamento nos arremessos de quadra e 32.8% de aproveitamento nos arremessos de 3 pontos. Cousins é melhor que Lopez tecnicamente e causa um impacto maior em quadra, motivo pelo qual considero que Cousins, esse sim um All-Star, deve ser o plano A do Lakers para a posição de pivô na próxima temporada.

    E para você, está satisfeito com o rendimento do Brook Lopez? Acha que o Lakers deve ir atrás de outro pivô ou renovar com Lopez?

    Nota: não computado os dados dos jogos de quarta (22/11 ) e quinta (23/11).

    Fala aí!