Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Guilherme Borges

    23 de Dezembro de 2017 por Guilherme Borges

    Depois de duas excelentes partidas contra o GSW, a volta de Draymond Green fez com que o atual campeão fosse simplesmente demais para o time de Los Angeles.

    O Lakers quase foi buscar uma vitória contra o Warriors em Oakland na noite desta sexta, mas com Kevin Durant inspirado, o time do técnico Steve Kerr acabou controlando a partida e venceu por 113-106.

    O começo do jogo foi uma bela disputa, com Lonzo jogando bem, acertando três arremessos de três pontos (3/3), e Durant também não errando nenhum de seus arremessos. Além disso, Ingram estava efetivo e conseguiu encontrar seu ritmo. Essa realidade não durou.

    Depois do primeiro quarto o volume do ataque do Warriors foi absolutamente transbordante. Thompson entrou no jogo; Green fez o que sempre faz, pontuando, defendendo e envolvendo todo o time; David West castigou Ingram dentro do garrafão; Bell até pareceu um veterano de elite diante da defesa Angelina que não conseguia para-lo; tudo isso liderado por Durant, em pontos e em distribuição

    Do nosso lado, Lonzo ligou a máquina de desperdícios de bola; Kuzma não entrou no jogo; Ingram não conseguiu mais pontuar; KCP parece ter sentido seus problemas legais, psicologicamente; e Randle, que até estava bem, teve problema de faltas. Tudo isso fez com que o Warriors abrisse uma vantagem de 23 pontos no começo do terceiro quarto. Felizmente, realidade que não durou muito, novamente.

    Na metade do terceiro quarto, o Lakers foi reconstruindo seu jogo e se colocando de volta na partida. Kuzma voltou a ser aquele jogador espetacular que nos acostumamos a ver nos últimos jogos, fazendo cestas de todos os lugares da quadra, e acumulando inclusive um duplo duplo no terceiro quarto. No começo do último período nosso time até mesmo tomou a frente do placar após uma bola de três de Randle. Apesar desse incrível retorno, o time da casa foi demais para um time em reconstrução.

    Pontos negativos:

    O Lakers simplesmente não entrou no segundo quarto. Foi uma lavada. Jogar em Oakland é desmoralizante. Cada bola correta do Warriors desmontava o time visitante. Foi uma das primeiras vezes que nós vimos nossos garotos com uma postura de derrota ainda no meio do jogo. As performances individuais foram muito ruins, e Lonzo se encontrou na pontuação, mas se perdeu na movimentação da bola. Além disso, tivemos os problemas dos lances livres de novo, e também de rebotes, já que o GSW foi dominante nesse quesito quando olhamos para os rebotes ofensivos conquistados pelo time da casa.

    Pontos positivos:

    Depois da violência do Warriors no segundo quarto, o Lakers conseguiu voltar para o jogo, e se manteve no placar nas demais partes da partida, chegando até mesmo a passar à frente no último período. Aquela postura de derrotados foi afastada, e o espírito dos garotos voltou a se destacar. Kuzma logo reencontrou seu ritmo e saiu como cestinha do time, incendiou o terceiro quarto, e a partida quase voltou para nosso controle. Além disso, Lonzo também contribuiu e limitou os desperdícios. Randle também conseguiu jogar de maneira positiva. Com Durant jogando o que jogou, contudo, foi impossível completar a virada.

    Destaques

    Kuzma: 27 pts, 14 reb, 2 rbo 43'
    Ball: 24 pts, 5 reb e 5 ast 37'
    Randle: 21 pts, 10 reb e 2 rbo 24'
    Ingram: 12 pts, 3 reb e 4 ast 36'
    Pope: 10 pts, 5 reb, 4 ast e 3 rbo 34'

    Warriors

    Durant: 33 pts, 7 reb, 7 ast, 2 rbo e 4 toc 38'
    Green: 13 pts, 11 reb, 7 ast e 2 rbo 30'
    Bell: 20 pts, 10 reb e 3 ast 25'

    Fala aí!