Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Franklin Sampaio

    15 de Fevereiro de 2018 por Franklin Sampaio

    O Lakers começou a partida vendo uma eficiência absurda do Pelicans e contou também com uma ajuda e tanto da péssima defesa apresentada, foram 46 pontos sofridos só no primeiro quarto. O placar final foi de 139 a 117.

    Mesmo com uma derrota para o Mavs em Dallas na última partida, todos queriam ver o que Isaiah Thomas teria para mostrar no Lakers na próxima partida, mas parece que não combinaram muito bem isso com o jogador e principalmente com a arbitragem.

    Só que um pouco antes de tudo isso acontecer, haviam alguns ingredientes em jogo envolvendo Rajon Rondo e Isaiah Thomas, um falando que o outro não fez mais que a obrigação em outro time e que não merecia ter sua história imortalizada. Foram 5 minutos em quadra do armador do Lakers que veio do banco e na primeira marcação individual imposta por Rondo, o armardor do Pelicans decidiu brigar e literalmente brigar sozinho com IT, o resultado? Expulsão dos dois de quadra e não por ser Laker, mas por ver que não houve absolutamente nenhuma reação de Thomas que causasse sua expulsão.

    Vida que segue e jogo também, o Lakers decidiu impor um pouco mais de defesa em quadra e contava apenas com Kyle Kuzma pontuando bem. Foram 17 pontos até pouco antes do fim do segundo período, que teve um pouco mais de surpresa da arbitragem. Kuzma ameaçou jogar a bola ao reclamar de uma falta causada por ele, a arbitragem entendeu como ato ofensivo e apontou falta técnica para o jogador. Luke Walton ficou inconformado com a marcação e soltou o verbo, Walton também foi mandado pra fora de quadra pelos árbitros.

    No terceiro quarto o Lakers defendeu bem o Pelicans mas não conseguiu atacar tão bem como no primeiro tempo (33 pontos em cada quarto), mesmo assim chegou a encostrar no placar tirando uma diferença de mais de 15 pontos e chegando apenas a 2. Mas não houve proveito suficiente e o Pelicans novamente disparou no placar, terminando o terceiro quarto vencendo por 103 a 91.

    De volta para o último quarto o Lakers tentou se aproveitar da ausência de Anthony Davis em quadra e passou a jogar com Julius Randle no garrafão, o que deu certo durante esse pequeno intervalo, Brandon Ingram também tentou comandar o ataque, mas o Lakers defendia muito mal e apenas assistiu o passeio de Davis, que terminou a partida com 42 pontos e 15 rebotes.

    Sem descanso, o Lakers enfrenta o Wolves logo mais, antes da parada para o All-Star Weekend.

    Fala aí!