Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    05 de Março de 2018 por Renato Campos

    Quando Kobe Bryant se aposentou do Lakers, ele tinha apenas 37 anos. Pronto para embarcar em uma nova jornada em sua vida, ele tinha uma única certeza: ser um contador de histórias.

    Neste domingo, Kobe ganhou o Oscar de melhor Curta de Animação pelo seu já famoso "Dear Basketball", o qual foi roteirista e narrador, e nos surpreendeu mais uma vez.

    Kobe aproveitou o seu discurso para dar uma boa resposta para a jornalista Laura Ingraham do Fox Sports que após um comentário de LeBron James, disse que ele deveria "Calar a boca e jogar".

    Não sei o quanto isso é possível... Nós, como jogadores de basquete, deveríamos calar a boca e driblar, mas fico feliz que fazemos um pouco mais que isso. Obrigado, Academia, por essa honra incrível. Obrigado, John Williams, por uma trilha tão maravilhosa. Obrigado, Verizon, por acreditar no filme. Obrigado Molly Carter, sem você não estaríamos aqui. Agradeço à minha esposa, Vanessa, e às minhas filhas: Natalia, Gianna e Bianka. Te amo com todo o meu coração, vocês são a minha inspiração

    "Dear Basketball" é um curta baseado no poema escrito por Kobe para o site "The Players' Tribune", no qual anunciou aposentadoria das quadras no dia 29 de novembro de 2015.

    Entenda e analise: Muito mais que apenas simples atletas

    Fala aí!