Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Ricardo Romanelli

    12 de Março de 2018 por Ricardo Romanelli

    Na noite deste domingo, o Lakers recebeu o Cleveland Cavaliers, de LeBron James, com o objetivo de vencer e convencer o melhor jogador da liga a se mudar para Los Angeles na temporada que vem. De quebra, a partida marcou o reencontro de Larry Nance Jr. e Jordan Clarkson com a torcida angelina, além do primeiro embate entre Isaiah Thomas e a franquia que o trocou após apenas 15 jogos.

    Dentro de quadra, o Lakers buscava defender sua sequência de 4 vitórias seguidas dentro do Staples Center, além de quebrar a escrita de 7 partidas consecutivas sem vencer o Cavs (desde 2015).

    A equipe não decepcionou, e entregou uma atuação de gala sob os olhares atentos de Magic Johnson, Floyd Mayweather Jr., e Jack Nicholson, entre outras personalidades, naquela que era uma das partidas mais esperadas do ano em L.A.

    Pope e Randle começam com tudo

    Kentavious Caldwell-Pope e Julius Randle começaram muito bem a partida, e colocaram o Lakers em discreta vantagem na primeira metade do período inicial. Brook Lopez também entrou no jogo, e com isso o Lakers terminou o primeiro período liderando por 33 x 29. KCP e Lopez, pelo Lakers, e LeBron James, pelo Cavs, tinham 10 pontos cada.

    No segundo período, o Lakers seguiu acelerando o jogo contra o desfalcado Cavs que, mais do que nunca, dependia de LeBron para carregar o time. O astro do Cavs terminou o primeiro tempo com 16 pontos, auxiliado por 10 pontos do ex-Laker Larry Nance Jr., mas não foi o suficiente para passar a frente do placar, que registrava o Lakers com vantagem por 65 x 60. Pelo time da casa, KCP (15), Lopez (14) e Randle (13) somavam 42 dos 65 pontos do Lakers na partida, que também vencia a tábua de rebotes por 27 x 17.

    Após reação do Cavs, Lakers volta a dominar o jogo e abre vantagem

    No terceiro período, o Lakers chegou a abrir 9 pontos de vantagem, mas o Cavs respondeu anotando os mesmos 9 pontos de maneira consecutiva, empatando a partida na metade do período. O Lakers reagiu, ainda puxado por Randle e Lopez, e terminou o período com uma vantagem imponente de 16 pontos, pelo placar de 98 x 82. Isaiah Thomas vinha fazendo boa partida, com excelente movimentação de bola e assistências.

    Eu tive o desafio de marcar o melhor jogador deste jogo. Você sabe que eu gosto de ser desafiado e levo sempre pro lado pessoal. @JuliusRandle

    No quarto período, o Lakers apenas administrou e consolidou a dianteira. Isaiah Thomas, que vinha articulando jogadas, passou a anotar mais pontos, e Julius Randle continuou dominando o garrafão, tanto na pontuação, onde fez seu novo recorde pessoal com 36 pontos, quanto nos rebotes, com 14, e de quebra 7 assistências.

    Ao final, a vitória veio pelo placar de 124 x 110, ampliando a sequência para 5 vitórias consecutivas jogando em casa e quebrando a série de 7 derrotas consecutivas para o Cavs. Por fim, o Lakers chegou a 30 vitórias na temporada, o que não acontecia desde 2012-13.

    Cheio de moral pela vitória, o Lakers agora passa a se preparar para enfrentar mais uma vez o Denver Nuggets, dessa vez em casa, no próximo dia 13.

    Fala aí!