Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Felipe Valente Bettega

    07 de Março de 2018 por Felipe Valente Bettega

    Depois de cinco vitórias e nenhuma derrota pós All-Star Weekend, o ataque do Lakers não triunfou sobre a forte defesa do Portland Trail Blazers e sofreu a derrota pelas mãos de Damian Lillard. O time Angelino vinha com média superior a 121 pontos por jogo durante essa sequência 5-0. Mas no último confronto anotou apenas 103, com aproveitamento de 39.5% nos arremessos.

    Teoricamente, o Orlando Magic é o oponente ideal para um time recuperar o seu ataque. Com um recorde 20-44, está apenas a 1 jogo e 1/2 de ser o pior time da NBA inteira. Além disso, é o 27º em termos de eficiência defensiva. O Lakers não pode cair na mesma armadilha novamente. Há 5 semanas, nossa defesa entrou em colapso contra o Magic, permitindo 18 bolas de três pontos que culminaram numa derrota vergonhosa por 22 pontos.

    Desde então, o time de Los Angeles ganhou 9 e perdeu 4. Trocou Jordan Clarkson e Larry Nance Jr por Isaiah Thomas, Channing Frye e uma escolha de 1º round. E Lonzo Ball voltou de lesão jogando o melhor basquetebol de sua carreira. Com tudo isso, temos um recorde 28-35, sendo 15-15 em casa. Se entrarmos focados no jogo de hoje, temos tudo pra reencontrar o caminho da vitória. 

    Fique de Olho

    A evolução de Julius Randle é notável. Na temporada, ele está com média de 15.2 pontos, arremessando 56.1% (o que o qualifica como 9º melhor da NBA). Nos últimos 14 jogos, ele tem sido ainda mais impressionante com média de 20.4 pontos, arremessando 59.2%. São 11 jogos seguidos em que ele converteu, pelo menos, metade dos seus arremessos. Parece que a academia finalmente surtiu efeito para ele, visto que seus oponentes não têm encontrado uma forma de parar a sua combinação de força e velocidade. 

    Pré-jogo

    Arena: Staples Center
    Horário: 00h30
    Transmissão: NBA League Pass

    Quintetos

    Lakers: Lopez, Randle, Kuzma, Caldwell-Pope e Ball
    Magic: Vucevic, Gordon, Simmons, Fournier e Augustin

    Fala aí!