Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Ricardo Romanelli

    30 de Junho de 2018 por Ricardo Romanelli

    Para iniciar o período de agência livre nas próximas horas, o Lakers tomou decisões sobre os jogadores com os quais tinha opções contratuais para manter ou não o vínculo na próxima temporada.

    Nesta análise, a equipe decidiu manter o pivô Ivica Zubac, mas dispensou o também pivô Thomas Bryant e o armador Tyler Ennis.

    Bryant foi a escolha 42 do Draft de 2017, e pouco jogou em sua única temporada com o time. Teve boa participação na G-League, pelo South Bay Lakers, demonstrando proficiência nos arremessos de longa distância, registrando 19,7 pontos e 7,4 rebotes de média. Na NBA, pelo Lakers, atuou em apenas 15 partidas, com médias de 1,5 pontos e 1,1 rebotes por jogo.

    Ennis entrou na NBA em 2014, e chegou ao Lakers no meio da temporada 2016-17, em troca que mandou o brasileiro Marcelinho Huertas para o Houston Rockets. Ele fez algumas boas partidas e o time decidiu apostar no atleta para a temporada seguinte. No entanto, ele não conseguiu se firmar como reserva de Lonzo Ball, sendo preterido por Brandon Ingram e Alex Caruso na armação em momento que Ball esteve lesionado. 

    Já Zubac está com o Lakers desde 2016, quando a equipe o selecionou com a escolha 32 do Draft. Ele fez algumas boas partidas em sua primeira temporada (2016-17), e a expectativa era que fosse melhorar para a segunda campanha. No entanto, ainda não convenceu. Até ganhou mais espaço na rotação com a troca de Larry Nance Jr. no meio da temporada, mas suas médias de 3,7 pontos e 2,8 rebotes em 43 jogos ficaram aquém do esperado. O croata ganha uma nova chance para a próxima temporada, caso não seja trocado.

    Com a escolha de Moritz Wagner no Draft, a possibilidade da permanência de Brook Lopez dependendo da capacidade financeira do Lakers depois da decisão de seus principais alvos na offseason, e o aparente objetivo do time em contratar outro pivô mais defensivo, era esperado que Bryant, Zubac ou até mesmo os dois fossem dispensados. Acabou sobrando para o primeiro.

    Assim, Lakers e os dois atletas dispensados iniciam o período de agência livre buscando novas opções no mercado. As franquias podem começar a negociar com os jogadores a partir da meia-noite do dia 01 de julho, ou seja, nesta madrugada. A cobertura das contratações e principais especulações sobre o Lakers, você acompanha aqui no site.

    Fala aí!