Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Sérgio Segundo

    04 de Julho de 2018 por Sérgio Segundo

    A agência livre começou nesse domingo, 1 de julho, mas logo nesses primeiros quatro dias, já ocorreram importantes negociações. O Lakers, particularmente, "mexeu as peças" para criar um time competitivo, assinando, dispensando, ou simplesmente não renovando o contrato de jogadores. Nesse processo, a posição de pivô se tornou a mais necessitada da equipe, por vários motivos.

    Com Thomas Bryant e Julius Randle saindo, e Javale McGee chegando pra se juntar a Ivica Zubac e Moritz Wagner, falta um jogador de mais experiência para a função que se adeque ao estilo de jogo de Luke Walton e, agora, de LeBron James. No caso, esse alguém pode ser Brook Lopez, produtivo tanto no garrafão quanto na linha de três pontos.

    A boa notícia é que anteriormente, Lopez já havia declarado que, caso a equipe se tornasse candidata a uma boa campanha (ou até mesmo ao título), ele aceitaria redução salarial para renovar com a franquia californiana. Obviamente, os angelinos se tornaram exatamente o que ele descreveu, dando grandes chances do pivô escrever mais um capítulo de sua história no roxo e dourado: conforme Keith Smith (RealGM), Brook Lopez e Lakers ainda tem muitas chances de continuarem suas jornadas juntos, já que DeMarcus Cousins assinou com o Golden State Warriors (e mesmo que não se juntasse aos Warriors, o receio por parte da equipe sobre sua lesão faria com que as negociações não progredissem). Com LeBron no elenco, a decisão do pivô ficaria ainda mais fácil.

    Lopez não foi excepcional em sua última temporada, fato. Contudo, na reta final, evoluiu muito em diversos aspectos na quadra. O jogador se adequaria muito bem ao esquema de jogo agora com a adição do "King" no time. Reforçando, Brook é um pivô moderno, que arremessa consideravelmente bem do perímetro, foi o líder de tocos da última campanha e finaliza no garrafão. Sem dúvidas, uma peça de grande valia.

    Lopez é um finalizador de jogadas, numa equipe que agora possui três criadores com LeBron, Lonzo Ball e Rajon Rondo. Também é um bom arremessador, característica carente no elenco. Para tentar renovar com Brook, o Lakers possuir agora uma quantia entre US$ 5 e 7 milhões, o que poderia ser suficiente para convencer o pivô que já ganhou quase US$ 120 milhões em salários na carreira. e já disse estar disposto a assinar por um desconto para ser parte de um time vencedor. Também não existem times capazes de oferecer muito mais a ele no mercado, e os que têm esta condição, não precisam de um jogador com estas características. Por estes motivos, uma renovação do atleta parece algo muito provável e lógico, e só não deve acontecer caso a diretoria não queira.

    E você, acha que Brook Lopez é a melhor opção no momento, que o Lakers deve manter quem está aí ou deve buscar outros nomes no mercado?

    Fala aí!