Assistente do Lakers diz que Rondo é muito mais inteligente que o resto da NBA
Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Ricardo Romanelli

    09 de Agosto de 2018 por Ricardo Romanelli

    “Para vencer, você precisar ter talento, mas precisa ter inteligência também. Todo mundo na NBA sabe colocar a bola na cesta, mas quem consegue pensar de verdade durante um jogo?” – LeBron James

    Com essas palavras, durante a última final da NBA, LeBron James definiu o tipo de jogador com o qual gostaria de atuar na sequência de sua carreira. Magic Johnson ouviu, e após fechar o negócio com LeBron, o Lakers buscou jogadores com uma proposta diferente do que o astro estava acostumado nos últimos anos.

    Se antes a “fórmula mágica” para montar um time ao redor de LeBron era cerca-lo de especialistas como arremessadores e reboteiros, agora a lógica é outra. A busca passou a ser por jogadores com alto QI de basquete, e nisso o armador Rajon Rondo está muito a frente da liga. Pelo menos é o que pensa Jesse Mermuys, assistente técnico do Lakers:

    “Você não precisa ser um treinador da NBA para ver que ele está num nível mental diferente que a maioria dos jogadores. Ele sabe como explorar defesas adversárias. Tem muitos jogadores na NBA que estão apenas jogando basquete, e são extremamente talentosos, jogam com seus instintos. Quando eles veem algo, mudam de direção como uma relação natural. O que Rondo está fazendo está dois, três, quatro níveis acima disso. Não apenas ele está jogando como um jogador de basquete, mas como um jogador de xadrez, porque ele sabe a defesa que o outro time está armando e sabe as fraquezas daquela defesa. Ele sabe o posicionamento do lado fraco da defesa. Ele sabe as tendências dos jogadores e como explorá-las.” – Jesse Mermuys.

    Rondo sempre foi muito elogiado na NBA pelo tempo em que passa estudando vídeo de seus adversários e tentando entender as defesas e estratégias de seus oponentes. Na última temporada, essa habilidade foi essencial para que seu time, o New Orleans Pelicans, ganhasse do favorito Portland Trail Blazers nos playoffs. A atuação de Rondo ao reconhecer as jogadas do Blazers durante os jogos, antecipando os movimentos para roubar a bola e impedir que ela chegasse aos principais jogadores do Blazers foi crucial para a vitória do Pelicans naquela ocasião.

    Além de Rondo, LeBron James também é reconhecido como um dos jogadores com maior QI de basquete da liga. Vai ser muito interessante ver como eles dois passam esta experiência aos jovens atletas do Lakers. Pode ser crucial no desenvolvimento deles e no crescimento do time como um todo.

    Fala aí!