Espalhe!
  • Bate Papo 0
    O time do Los Angeles Lakers começou surpreendendo seu adversário, o San Antonio Spurs. Com um jogo bastante eficiente, o Lakers conseguia sempre se manter no jogo. Com boa participação de jogadores como Kobe Bryant e Kwame Brown, o primeiro período do jogo terminou em 27 a 23 para os visitantes, que teve a apagada participação de DJ Mbenga. Turiaf vinha bem saindo do banco de reservas.

    No segundo quarto da partida, o Lakers manteve o eficiente jogo baseado no conjunto. Nesse quarto, jogadores do banco de reservas entraram muito bem no jogo, caso de Sasha Vujacic, que parece estar recuperado de suas lesões, e Ronny Turiaf, bastante eficiente tanto no ataque quanto na defesa. Com Odom participando melhor, o Lakers chegou a abrir uma vantagem de 13 pontos. No final, com Lamar Odom acertando um arremesso no estouro do cronômetro, o time de Los Angeles foi para o vestiário com nove pontos de vantagem e uma boa impressão transmitida a seus torcedores.

    Um jogo que tinha tudo para ter como vencedor o Lakers, ou ao menos ser bastante disputado, viu um terceiro quarto arrasador dos donos da casa. Logo de cara fizeram 12 pontos sem resposta do Lakers, e com isso, já estavam três pontos a frente no marcador. Após Fisher converter dois pontos, o time parecia que iria se reencontrar no jogo, chegando a abrir 3 pontos com um arremesso certeiro de Fisher da linha de três. Mas o San Antonio respondeu fatalmente. Finley e Barry estavam impecáveis do perímetro e com um combo de bolas de três, o Spurs abriu 10 pontos de vantagem no final do terceiro quarto. Brynat teve um desempenho muito ruim nesse período. O jogador errou vários arremessos e ainda cometeu uma quantidade excessiva de erros, algo incomum para ele. Outro que não foi bem nesse quarto foi o técnico Phil Jackson, que insistiu com Kwame Brown ao invés de colocar Ronny Turiaf, que claramente era uma melhor opção.

    No quarto final da partida, não aconteceu muita coisa. Sempre que o Lakers tentava uma reação, o San Antonio rapidamente respondia e sempre manteve a diferença em torno dos 10 pontos. Novamente Bryant cometia muitos erros e sem uma boa participação do resto do time, o Lakers foi incapaz de virar a partida, sofrendo a sua 13ª derrota, com o placar final em 103 a 91 para o Spurs.

    Confira os destaques da partida

    Confira os melhores momentos

    Fala aí!