Espalhe!
  • Bate Papo 0
    O Los Angeles Lakers irá jogar seis dos próximos sete jogos contra times com aproveitamento de vitórias menor do que 50%, algo que deixaria qualquer técnico mais aliviado, se esse técnico não fosse ele mesmo. Ainda com o temor que assombrou o time em temporadas passadas, onde o Lakers provava ser um time competitivo ao enfrentar as principais forças da NBA, mas que, contra times que não vinham bem, acumulava derrotas imprevisíveis, fez com que Jackson adota-se cautela ao comentar o calendário de janeiro.

    Ao ser questionado sobre a oportunidade do L.A aumentar seu número de vitórias, ele revelou: "Não coloque este pensamento na cabeça deles", esbravejou Phil. Estes confrontos contra times com recordes negativos fizeram com que Jackson ficasse até certo ponto preocupado, em vez de aliviado. "Ano passado, notoriamente não fomos efetivos contra estes times. Eu não quero olhar para esta situação desta maneira (jogos fáceis). Estou tentando manter nossos jovens jogadores num nível onde entrem para jogar sempre dando o máximo de si", analisou o mestre Zen. Já os jogadores parecem realmente não dar muita importância sobre o fato, mas demonstram ciência do que passou e do que está por vir. "Nós tivemos um calendário bem difícil no 1º quarto do campeonato", disse Kobe Bryant. "E jogamos bem. O importante é nós focarmos em um jogo por vez e tentar construir motivação especial para cada um destes jogos", revelou o astro dos Lakers.

    Como você acompanhou no lakersbrasil.com, Vladimir Radmanovic se contundiu no treino passado, e, aparentemente a contusão não é grave e provavelmente ele poderá jogar contra o Sixers. Ronny Turiaf poderá ser o provável substituto de Lamar Odom, suspenso por 1 jogo pela NBA. GO LAKERS GO!!

    Fala aí!