Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Era para ser uma vitória maiúscula do time, mas o final foi trágico e estragou toda a festa.

    O time começou o jogo muito bem, Kobe não se importava em arremessar, ao invés disso, preferia distribuir bem a bola. Nos poucos arremessos que fazia, estava perfeito, errando seu primeiro arremesso apenas no terceiro quarto de jogo. O resto do time também estava jogando muito bem. Lamar Odom, muito criticado pelos dois últimos jogos parecia querer se redimir, acertando a mão no primeiro tempo de jogo. Até mesmo Kwame Brown teve um início promissor, marcando 6 pontos com poucos minutos de jogo.

    Estava tudo uma maravilha. Mesmo indo para o vestiário 9 pontos atrás no marcador, o time não cometeu o mesmo erro dos últimos dois jogos. Pelo menos quatro jogadores participavam ativamente do jogo. Com isso, o time conseguiu vencer o período por 11 pontos, abrindo dois de vantagem. Veio o quarto período e parecia que iria coroar a bela atuação do Lakers até então. Com uma defesa bastante afiada e forte, o Lakers forçava o Cavaliers a arremessar fora da zona de conforto dos jogadores. Com isso, o Lakers chegou a abrir uma vantagem confortável de 8 pontos. De repente, o time mudou da água para o vinho, ou melhor, do vinho para a água. Não da bem para dizer se Kobe começou a ser fominha demais, ou se os outros jogadores tentaram se livrar da responsabilidade, ou uma soma dos dois, a verdade é que quem brilhou foi Lebron James. Acertanto vários arremessos, James deu a liderança aos visitantes, que venceram por 98 a 95.

    Está foi a terceira derrota consecutiva do time, que claramente sente demais a falta de Andrew Bynum e também (em menor quantidade) de Trevor Ariza, jogador bem eficiente na defesa. O próximo desafio do Lakers agora é contra o Knicks, na terça feira.

    Confira os destaques da partida

    Fala aí!