Espalhe!
  • Bate Papo 0
    O mais novo integrante do Los Angeles Lakers, Pau Gasol, começou a tomar conhecimento de um dos mais complicados sistemas de jogo, o triângulo concebido por Tex Winter. Sistema utilizado por Phil Jackson no Lakers, assim como foi no Bulls, este tipo de tática ofensiva mostra-se extremamente difícil de ser exercida por um jogador que não tenha tanto conhecimento sobre suas variações.

    Lamar Odom foi uma das principais vítimas do triângulo, o ala apresentou muitas dificuldades de entender o que o sistema exigia dele, assim como no passado aconteceu com Glen Rice, que, mesmo fazendo parte do time campeão em 1999/2000, acabou negociado justamente por este problema. Para Pau Gasol, este é mais um desafio. "Eu ainda estou tentando pegar o ritmo do triângulo ofensivo e todas as opções que ele apresenta", disse o pivô espanhol. "Eu não acho que é difícil de aprender esta ofensiva. Você apenas tem que se acostumar à ele e ir de acordo com o ritmo. Farei meu melhor para aprendê-lo", disse Pau.

    Phil Jackson disse que espera que leve mais ou menos duas semanas para Gasol aprender o que precisa. Já Derek Fisher não levou tão a sério as previsões de Phil. "Na verdade ele nunca precisou executá-lo", disse Fisher sobre os conhecimentos de Jackson, com um sorriso. "Ele apenas treina para nós executarmos, sendo assim, você nunca pode confiar no que ele diz sobre o triângulo", disse em tom de brincadeira. Num discurso mais sério, Fisher revelou que espera que Gasol aprenda rápido o sistema. "Ele vai se adaptar bem ao triângulo, um sistema que permite aos jogadores pegar bastante na bola, se mover e fazer cortes. Ele é um cara alto mas que passa bem. Ele pode arremessar de média distância e até mais de longe, sendo que também pode marcar pontos embaixo da cesta, além de nos ajudar nos rebotes. Estamos confiantes em seu jogo", disse Derek. Sobre a atual fase do time, aliada à vinda de Gasol, Fisher fez uma análise o mais sensata possível. "Estamos felizes por contar com ele (Gasol), mas, estamos tentando nos focar no nosso time no atual momento. As contusões realmente nos atrapalharam. Nossa margem de erro é tão mínima, que não podemos nem parar para respirar e pensar que agora temos Pau Gasol e então relaxar só porque temos mais talento", analisou Derek. "Esperamos continuar com força e melhorando, e ainda com a aquisição dele, e o retorno dos jogadores machucados, que possa nos levar à um nível maior. Esperamos vencer mais jogos", finalizou veterano armador do Lakers.

    Ainda tendo que responder à diversas perguntas sobre a troca, Gasol lembrou das questões que sempre faziam à ele em Memphis, quando perguntado se gostaria de permanecer com o Grizzlies. "Quando as pessoas perguntavam: "Você quer ficar em Memphis?", eu dizia à eles que tudo que eu queria era vencer. Vencer me deixa feliz. Se não estamos ganhando, não estou contente. Sendo assim, isso responde à todas as perguntas", finalizou o mais novo Laker de Los Angeles. GO LAKERS GO!!

    Fala aí!