Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Kobe Bryant já anunciou sua decisão sobre a necessidade de fazer uma cirurgia para curar a contusão no dedo ocorrida contra o New Jersey Nets na recente longa viagem que o time do Lakers fez entre o final de Janeiro e começo de Fevereiro.

    Aqui na lakersbrasil.com, você já acompanhou todo o desdobramento do caso, mas, falta saber uma coisa. O que pensa o Lakers sobre isso? É fato que os médicos e a diretoria gostariam que Bryant se submetesse à cirurgia. Mas, a estrela do Lakers é assim. Kobe é conhecido como o mais feroz competidor hoje na NBA. Dizem que ele fareja sangue na água, só para que se entenda o que se quer dizer ao afirmar isso. A Conferência Oeste está à todo vapor, e mais competitiva do que nunca. Kobe tem no Lakers hoje o melhor time desde a última tentativa de conquistar o campeonato, para ser mais preciso, desde 2004.

    É por isso que, mesmo com o presidente Jerry Buss mandando uma mensagem pelo GM Mitch Kupchak para Kobe, dizendo que, a preferência da franquia era de que Bryant passasse pelo procedimento cirúrgico, ele a refutou. Como você acompanhou aqui na lakersbrasil.com, a comissão técnica e os médicos esperam que Andrew Bynum volte em três ou quatro semanas. Se Kobe estiver fora quando Andrew retornar, custará ao time um processo de adaptação novamente. E Bryant sabe o quanto irá ser duro para o Lakers se manter vivo na disputa pelos Playoff's sem ele no Oeste.

    "Apenas pelo tempo e ritmo que estamos e da oportunidade que temos, penso que é uma decisão oportuna continuar jogando", disse o maior astro da NBA. "Eu sei que o Dr. Buss prefere que eu faça a cirurgia, mas, queremos resolver tudo nesta temporada", disse Kobe. O time é jovem, e, no pensamento da diretoria, a equipe terá muitas oportunidades de conquistar o título, ou seja, não querem arriscar tornar esta contusão mais séria do que se encontra atualmente. Mas, novamente, todos conhecem Bryant, e ele não tem essa mesma paciência, ele quer vencer agora. Três títulos não satisfazem seus desejos e objetivos. Esse é o mesmo Kobe que, após o julgamento do caso em que foi acusado indevidamente de estupro, voltou à Los Angeles e mesmo abalado psicologicamente, anotou 42 pontos contra o San Antonio Spurs.

    Supondo-se que o Lakers chegue até a final e vença o campeonato, ainda teremos as Olimpíadas. Descanso? Não para Kobe. "Não vou perder este verão", disse Bryant, em referência aos jogos olímpicos. "A não ser que algo drástico aconteça, Deus me livre, pois espero jogar esta competição há tempos", revelou ele. Este é Kobe Bryant, certo ou errado, ele não deixa de jogar pelo Lakers. GO LAKERS GO!!

    Fala aí!