Espalhe!
  • Bate Papo 0
    A boa fase continua para o time de Los Angeles. Na madrugada desta terça-feira, o time venceu sua nona partida consecutiva, algo que não acontecia desde a temporada 2003'04 e segue na liderança do Oeste. Além disso, o Lakers é a primeira equipe da conferência Oeste a conseguir a 40ª vitória na temporada e o único com aproveitamento superior a 70%.

    Mas o jogo não foi tão fácil como o placar pode sugerir. Após os três primeiros minutos de puro equilíbrio, com ambas as equipes acertando seus arremessos, o Lakers caiu um pouco de produção e deu espaço para o Portland aparecer mais no jogo. LaMarcus Aldridge e Martell Webster apareciam bem para ajudar o Trail Blazzers, que aos poucos ia abrindo uma certa diferença no marcador. Com uma pane no seu ataque, o time da casa marcou apenas 2 pontos em aproximadamente 6 minutos de jogo. Não tendo nada com isso, o Blazzers aproveitou para aumentar a diferença. Após 5 pontos seguidos do Lakers no final, o primeiro período do jogo terminou em 27 a 17 para o Portland.

    No segundo quarto, o jogo começou a seguir um rumo diferente. Um dos grandes trunfos do Lakers até aqui na temporada, o banco de reservas, novamente apareceu bem, principalmente com Jordan Farmar. O jovem armador colocou muita energia no jogo, fazendo 5 pontos no começo do segundo quarto. Outro que apareceu muito bem foi Ronny Turiaf. Era o tipo de jogo que Turiaf poderia fazer a diferença. Com toda sua energia positiva, o pivô injetava ânimo em seus companheiros, além de conseguir seus pontinhos. Mas a combinação Farmar/Bryant estava muito bem. Farmar continuava impecável em seus arremessos e Kobe entrou mais para o jogo depois de um primeiro quarto discreto. Mesmo assim, o Portland se mantia no jogo e conseguiu levar 7 pontos de vantagem para o segundo tempo.

    Phil Jackson mostrou a importância de um treinador vencedor. O Experiênte treinador conseguiu passar a tranquilidade necessária para o Lakers reagir e o time voltou bem melhor para o terceiro quarto de jogo. Kobe Bryant, que não vinha com tantos pontos, passou a castigar a defesa adversária. Comuma defesa bem agressiva, o Lakers conseguiu com que os arremessos adversários parassem de cair e os grandes nomes para o Blazzers até então se apagaram no jogo. Se Bryant era o nome principal para o Lakers, Vujacic, Turiaf e Gasol tiveram grande participação para o time de Los Angeles. Esse exclente terceiro quarto rendeu ao Lakers uma vitória por 9 pontos no período e a liderança por 2 pontos no jogo.

    Mostrando o faro de um campeão, o Lakers não diminuiu o rítmo. A dupla de armadores Jordan Farmar e Sasha Vujacic estavam com a mão calibrada neste quarto final de jogo. Após 9 pontos seguidos para o time da casa, a vantagem já era de 10 pontos e o jogo encaminhado para mais uma vitória do Lakers. Não desistindo, o Trail Blazzeres tentou uma última reação e até que conseguiu incomodar um pouco. Com LaMarcus Aldridge aparecendo um pouco novamente, a vantagem chegou a cair para 6 pontos, com um pouco menos de quarto minutos por jogar. Contudo, após Bryant roubar uma bola e sofrer a falta, o técnico do Portland sofreu duas faltas técnicas e foi expulso do jogo. Bryant aproveitou os 2 lances-livres e ainda acertou mais um arremessos de quadra para voltar com os 10 pontos de vantagem e a vitória assegurada. Odom e Vujacic ainda aparreceram no final para decretar a vitória por 96 a 83.

    Bryant foi o cestinha da partida com 30 pontos, mas o destaque do jogo foi o banco de reservas. Jordan Farmar conseguiu a melhor marca em sua carreira na NBA, anotando 21 pontos e Sasha Vujacic contribuiu com mais 12. Turiaf foi outro que esteve bem no seu tempo de quadra, conseguindo 8 pontos que foram importantes nos momentos em que ocorreram. o espanhol Pau Gasol adicionou mais 15. Com a vitória, o Lakers chega a 40 vitórias em 57 jogos, liderando a conferência Oeste da NBA e desde que Gasol chegou, o time só perdeu um jogo. Na quinta-feira, diante do Heat, o time tem grandes chances de conquistar a 10ª vitória seguida.

    Fala aí!