Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    lamar_odom_faz_triple-double_em_vitoria_facil_contra_wolves Finalmente terminou a longa série de 9 jogos seguidos do Lakers fora do Staples Center. E nada melhor do que terminar essa sequência com uma vitória imponente sobre o fraco Minnesota Timberwolves. Com isso, voltou para Los Angeles com 7 vitórias e 2 derrotas apenas nos 9 jogos fora de seus domínios.

    Logo que o jogo começou, o Lakers já mostrava que seria um visitante nada agradável. Muito mais a vontade que o Timberwolves, o Lakers abriu 6 pontos logo de cara. Dominando completamente e com Pau Gasol convertendo seus arremessos, o time não teve dificuldades em abrir 14 a 2, faltando 6:31 por jogar no primeiro quarto. Depois disso, o Minnesota acordou um pouco e, comandados por Al Jefferson, conseguiu diminuiar a vantagem. Mas o coletivo do Lakers se mostrava muito bem, e depois de Gasol fazer mais alguns pontos, Sasha Vujacic acertou uma bola de três no segundo final do primeiro quarto, vencido pelo Lakers por 30 a 21.

    As coisas não mudaram muito no segundo período. Os reservas que entraram no Lakers davam conta do recado e, auxiliados por Kobe Bryant, que vinha muito bem depois de um primeiro quarto apagado, conseguiram elevar a vantagem de 9 para 15 pontos. O Wolves bem que tentava se defender de Bryant, mas o astro estava muito bem, chegando a fazer 10 pontos seguidos para o Lakers. Com Fisher aparecendo com uma bola de três quando faltava 2:15 para o fim do primeiro tempo de jogo e mais alguns pontos de Lamar Odom, o Lakers conseguiu levar 16 pontos de vantagem para o vestiário, com 60 a 44 no marcador.

    E o time não tinha acabado o show ainda. Sem dar chance para uma zebra, os comandados de Phil Jackson voltaram bastante atentos para o terceiro quarto. Ainda que o oponente tentasse alguma coisa, o Lakers estagava com o gatilho certeiro. O quinteto todo aparecia muito bem. Se Odom não pontuava muito, rebotes e assistências não faltavam para ele. Sorte de Radmanovic, Bryant e Fisher, que apareciam muito bem para elevar a vantagem cada vez mais. Enquanto Bryant conseguia uma jogada muito boa, fazendo uma cesta de três e sofrendo a falta, Odom já estava com mais de 10 rebotes, faltava apenas 3 pontos e 1 assistência para mais um triple double para o ala. A assistência ficou para o último quarto, mas os três pontos vieram num arremesso de três no estouro do cronômetro, após um rebote ofensivo que ele mesmo conseguiu. Com isso o jogo já estava sacramentado, 31 pontos de diferença e a certeza de mais uma vitória.

    O único titular que voltou para a quadra no time do Lakers foi ele, Odom é claro, faltava uma assistência. Até que demorou um pouco, mas com 5 minutos de jogo no último quarto, Lamar Odom deu um passe para Sasha Vujaci que resultou em cesta. Pronto, estava garantido o triple double, agora era festa. Reservas em quadra e muita disposição. Coby Karl, que raramente tem oportunidade de atuar, entrou e conseguiu fazer dois pontos, no finalzinho do jogo. Era só esperar o tempo passar para mais uma vitória. Sem nenhum problema, 117 a 92 para o Los Angeles Lakers.

    Apesar dos 29 pontos de Bryant e 19 de Pau Gasol, o destaque vai para Lamar Odom, que terminou o jogo com 10 pontos, 16 rebotes e 10 assistências. Mais uma vez todos os titulares fizeram 10 ou mais pontos. vindo do banco de reservas, Sasha Vujacic mais uma vez teve uma boa participação, anotando 15 pontos (7-12 FG). Com a vitória, o Lakers soma 35 triunfos e 17 derrotas, e segue na busca pela primeira colocação na divisão do pacífico, liderada até então pelo Phoenix Suns. Agora o Lakers descansa até terça feira, quando volta a Los Angeles para tentar devolver a derrota sofrida contra o Atlanta Hawks.

    Fala aí!