Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Você leitor, que sempre acompanha o lakersbrasil.com, terá agora em primeira mão a oportunidade de saber as primeiras palavras de Pau Gasol como novo jogador do Lakers. Nesta matéria, ele fala sobre seu passado no Memphis Grizzlies, seus objetivos agora no L.A. e também seus pensamentos sobre a troca que transformou o Lakers num dos principais candidatos ao título deste ano. Acompanhe agora mesmol!!


    Jogo contra o Wizards, Pau Gasol está presente. Dificuldade pela sua ausência? Não. Somente a notícia de sua chegada já injetou um nível excelente de energia, ao ponto de Kobe e cia passearem em Washington, conquistando uma vitória arrasadora. A troca já está fazendo bem antes mesmo de Gasol entrar em quadra.

    Antes do jogo, ele conversou com os profissionais de imprensa e revelou que está extremamente feliz pela oportunidade de ouro de vestir a camisa da mais gloriosa franquia da NBA. "A melhor parte é que, imediatamente, eu terei a chance de vencer", disse o MVP do último campeonato mundial de basquete. "Teremos a oportunidade de conseguir alcançar algo grandioso e especial", expressou com um sorriso no rosto.

    Também foi possível perceber uma certa ansiedade pela estréia, algo que só irá ocorrer no jogo de terça-feira contra o Nets em New Jersey. Quem por sinal não esconde a ansiedade é o técnico Phil Jackson. "Nós queremos colocar ele rapidamente nos treinos e sentir como ele se mostra", disse o mestre Zen. "Deixar ele jogar com os companheiros antes de um jogo oficial". Recentes dores nas costas, que fizeram com que Gasol ficasse de fora de 3 dos últimos 4 jogos que fez pelo Grizzlies também foram motivo de análise e cautela. Após os exames médicos realizados em Los Angeles, a contusão não foi considerada grave, e Pau já está trabalhando com a equipe de condicionamento físico do Lakers para a tão aguardada estréia.

    Muitos questionam o histórico de derrotas de Gasol no Memphis, principalmente nos Playoff's, onde em 12 jogos, o Grizzlies perdeu todos, sendo o astro espanhol considerado fraco para este tipo de jogo, porém, sua atuação no mundial de basquete, levando a Espanha ao título contrapôs este argumento. "Eu sempre me considero um competidor e um vencedor", disse ele, que depois completou: "e nos últimos anos em Memphis, eu não pude alcançar os meus objetivos dentro do time, o que vinha sendo frustrante neste tipo de situação que eu estava". Pau também falou da diretoria do Grizzlies, citando detalhes da troca. "Num primeiro momento eu pensei que seria somente "estrela por estrela" (em uma troca). Se eu estava indo para o Lakers, não haveria possibilidade de Kobe vir para o Grizzlies. Foi bem complicado", revelou o pivô. Isso foi na quinta-feira, e, de repente na sexta, estava tudo acertado. "Eu fiquei impressionado quando li o jornal após o treino. Fiquei surpreso, e agora, estou tentando digerir tudo que já passou e pensar no que está por vir. Estou muito animado com tudo...e feliz por ser um Laker", disse o contente Gasol.

    E pela Liga, já surgem diversos comentários, um deles em particular, veio dos eternos rivais Pistons, já em tom de provocação. "Eu não me importo muito com isso", disse o polêmico Rasheed Wallace. "Isso não irá me afetar em nada, de forma alguma. Se for positivo para eles, tudo bem, nós veremos em Junho", disse Rasheed, fazendo uma possível projeção de uma nova final entre Lakers e Pistons. Parece que a NBA vai esquentar ainda mais daqui para frente! GO LAKERS GO!!

    Fala aí!