Espalhe!
  • Bate Papo 0
    A estréia de Pau Gasol não poderia ter sido melhor. Com uma atuação de deixar qualquer torcedor do Lakers o mais otimista possível, e ainda mostrando toda sua habilidade e técnica no triângulo, Gasol anotou 24 pontos e pegou 12 rebotes, ajudando o L.A a ampliar a sequência de vitórias para 3 jogos fora de casa.

    Os elogios foram muitos, especialmente de Kobe Bryant. "Ele é um jogador incrível", disse o astro do Lakers, que não atuou bem nos pontos mas foi ótimo nas assistências. "Ele torna a vida de todos mais fácil. Torna o jogo mais simples", disse Mr Bryant, que teve um problema num dos dedos de sua mão, mais precisamente um deslocamento, que o atrapalhou do 2º quarto em diante. Exames foram realizados após a partida e não houve gravidade na lesão, o que garante sua presença no jogo de hoje contra o Atlanta Hawks. "Aqueles jogadores dos velhos tempos vão me ver como um fraco se eu não jogar hoje", disse Kobe. "Eu iria receber ligações de MJ, de Ron Harper e você não quer eles ligando por isso", disse Bryant com um sorriso no rosto.

    Pau Gasol não começou o jogo com tudo, muito devido as suas três faltas no 1º tempo, mas, no último quarto, foram 11 pontos e 5 de 5 arremessos convertidos, além de 5 rebotes. Mas, o melhor momento foi um passe de costas para penetração de Fisher que levantou a torcida do L.A no ginásio. "Eu não fiz muito", disse Gasol em tom de humildade. "Mas vi ele cortando e livre, então passei a bola. Notei que Kidd estava bem atrás dele", revelou o pivô espanhol. Já sobre as dores nas costas, Pau não demonstrou muita preocupação, dando indícios de que irá jogar por toda a viagem. "Após estes jogos na estrada, terei alguns dias para me dedicar ao descanso. Depois, pretendo estar totalmente recuperado", disse Gasol.

    Os jogadores terão 4 dias de descanso durante o jogo das estrelas, mas, o assunto ainda é Pau Gasol, e Kobe parece estar maravilhado com as habilidades do MVP do último campeonato mundial. Quando questionado sobre o triângulo e a adaptação de Pau, Kobe fez sua análise. "Este sistema ofensivo é perfeito pois permite que ele mostre sua versatilidade ao contrário do que acontecia em Memphis, onde jogava apenas no post ou fazia corta-luz para outros jogadores", disse Bryant. "Aqui, ele faz jogadas e é solicitado para tomar decisões com a bola". Mas o que isso significaria na mente do astro do Lakers. "Os times não podem mais fazer marcação dupla tão facilmente", revelou Kobe. "Quando eu fizer alguns passes e ele finalizar na cesta, os times terão que reavaliar seus esquemas defensivos. Talvez terão que me marcar no um a um mais vezes", finalizou a estrela do Lakers. GO LAKERS GO!!

    Confira a matéria da vitória contra o Nets

    Veja aqui os destaques da partida

    Assista os melhores momentos da estréia de Pau Gasol

    Assista também a um divertido vídeo criado para a chegada de Gasol no Lakers

    Fala aí!