Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Todos nós já sentimos a decepção de ter perdido uma partida teoricamente fácil contra o Memphis Grizzlies, e o pior, em Los Angeles. Muitos ainda estão decepcionados, porém, o que se pode tirar de conclusão e tentar melhorar. A pergunta que todos nós devemos nos fazer, e claro, jogadores e comissão técnica é: Aonde está a defesa?

    Essa foi a principal tônica da entrevista de Phil Jackson após a partida. "Nós apenas temos que fechar o garrafão", disse o Mestre Zen. Algo que parece fácil, e até era bem executado pelo Lakers, mas, de alguma forma, isso parou de acontecer. "Eles são um time baseado nos arremessos de três, e o que eles arremessaram? Tentaram apenas 12 vezes. Eles jogaram dentro do garrafão e nos castigaram lá", analisou Jackson. E os números não mentem. Foram estrondosos 60 pontos de um time praticamente nulo embaixo da cesta contra apenas 32 pontos no garrafão do Lakers. E isso também se reflete na quantidade de vezes que o time visitante foi a linha do lance livre, 38 vezes. Em compensação, o Lakers aceitou a defesa por zona do Memphis e soltou o arsenal de três, aliás, um recorde, foram 45 tentativas, com apenas 33.3% de aproveitamento, 15 cestas convertidas. "Foi uma noite incomum para nós", disse Phil. "Foram muitas bolas de três".

    Se analisarmos bem, o Lakers está com algumas noites incomuns ultimamente. O time que era considerado favorito no Oeste, com estas derrotas, já está com o 4º melhor recorde na Conferência, e fica em 3º porque lidera o Pacífico. Mas, se continuar neste ritmo, se Pau Gasol não retornar logo, o time pode perder a liderança da divisão em breve. "Por qualquer razão, gostamos de dificultar as coisas para nós mesmos", disse Derek Fisher. "Definitivamente estamos fazendo isso no momento. Veremos do que somos feitos agora", disse o experiente armador do L.A. O jogo marcou a volta de Javaris Crittenton e Kwame Brown à Los Angeles. Crittenton jogou, Brown não, porém, no final do 3º quarto, a torcida começou a gritar "queremos Kwame", ele que vai virar agente livre ao final desta temporada. Gasol também faria seu primeiro encontro contra seu ex-time, porém, deve retornar somente no domingo contra o Wizards. Quem tentou de tudo para dar a vitória ao Lakers foi Kobe Bryant, e se o time tivesse demonstrado o mínimo de esforço coletivo na defesa, ele talvez poderia ter ganho o jogo par ao L.A. "Foi bom ter visto ele atacar no começo do jogo", disse Jackson. Kobe inclusive foi perguntado sobre o fato do Lakers estar se afastando da briga pelas primeiras posições, e até mesmo com mais algumas derrotas, ficar de fora da briga pelos Playoff's. "Não estamos ficando de fora", disse Kobe, sério. "Estamos apenas um jogo atrás. Apenas perdemos para dois times que não veremos nos Playoff's", disse ele.

    Estaria aquela síndrome dos times fracos vencendo o Lakers voltando a assolar o time ou com o retorno de Pau Gasol, Andrew Bynum e Trevor Ariza, a equipe irá se acertar? Só o tempo pra dizer, mas você pode opinar, comente!! GO LAKERS GO!!!

    Fala aí!