Espalhe!
  • Bate Papo 0
    O sentimento que circula os ares ao redor dos jogadores do Lakers é de alívio. O momento não era bom. A viagem começou e logo no início do jogo contra o Hornets, O L.A. perdeu Pau Gasol. Derrotas. Incertezas. O jogo contra o Dallas era especial, poderia ser a redenção. E foi mesmo. Uma vitória não apenas para colocar o time de volta à briga pelas primeiras posições, mas para mostrar que o time tem muito à oferecer mesmo sem alguns titulares.

    E nada vem fácil na Conferência Oeste. Mesmo uma vantagem de 25 pontos contra o Dallas Mavericks praticamente se evaporou, ficando à alguns segundos quase perdida se Nowitzki não errasse aquele arremesso. "Foi uma grande vitória para nós", disse Kobe Bryant. "Conseguimos uma boa vantagem, o que ajudou na nossa confiança", revelou ele. "Não foi da forma que gostaríamos de fechar o jogo. Mas nós conseguimos nos segurar, o que mostra muito do nosso caráter", disse Bryant. Alguns jogadores se destacaram na vitória, como Vladimir Radmanovic, que bombardeou o Mavericks com cestas de três, e Lamar Odom, que converteu dois lances livres importantíssimos no final. "Foi realmente importante", disse Kobe. "Estou feliz por Lamar. Os times gostam de colocar determinados jogadores na linha de lance livre no final. Ele assumiu a responsabilidade e converteu aqueles lances livres numa hora crucial para nós, o que é ótimo para sua confiança", analisou Bryant.

    Como você acompanhou aqui no lakersbrasil.com, Lamar Odom treinou muitos lances livres na segunda-feira. E ele não foi o único que fez treino extra. Kobe Bryant também praticou seus arremessos, algo que ajudou muito no bom desempenho contra o Dallas. "Me deu um foco melhor de onde eu queria arremessar na quadra", disse Bryant. "Muitos dos arremessos que fiz no primeiro tempo, foram resultados do treinamento", revelou o astro do Lakers. O técnico do Mavs Avery Jonhson também fez sua análise da partida. "Eles jogaram no começo como se suas vidas no basquete dependessem daquele jogo", disse Johnson sobre o empenho do Lakers. "E nós não. Jogamos sem nenhum interesse, como se não precisássemos estar ali naquele momento", ressaltou ele. O Dallas ainda não venceu nenhum time dos considerados fortes na Conferência Oeste, desde que contratou Jason Kidd. GO LAKERS GO!!!

    Fala aí!