Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    tropeco_ou_ma_fase O Los Angeles Lakers, há alguns jogos, vem apresentando problemas para superar seus adversários. Tirando a vitória contra o Clippers, houve extrema dificuldade para vencer o Dallas Mavericks na prorrogação, 17 pontos e uma corrida impressionante para virar o jogo contra o Kings no primeiro confronto entre os times e, no último domingo, contra o mesmo time do Sacramento, agora uma derrota.

    Desde o mês de novembro, quando o time perdeu para o New Jersey Nets, não tinha que explicar uma derrota em casa para um time que está fora dos Playoff's. Por enquanto, o time não parece estar preocupado. "Temos que ficar juntos e nos focar no próximo oponente (Raptors), e então, vencer a partida, e de repente, esse tom muda e todos estarão atirando confetes e festejando e o Lakers será o melhor do Oeste de novo", disse Derek Fisher. O Lakers e o Spurs estão empatados com o melhor recorde do Oeste, 44 vitórias e 19 derrotas.

    O técnico Phil Jackson já sentiu que o clima pode mudar com mais uma derrota e já instaurou uma nova meta para o time, que é vencer 50 jogos antes de perder 20. E para isso, será preciso jogar defesa, pois a sequência de jogos que o time vai fazer contra os líderes do Oeste, não será fácil. Os oponentes do Lakers alcançaram a marca de 100 pontos em quatro dos últimos cinco jogos. "Isso é sobre esforço defensivo, o que não tivemos neste período". A derrota contra o Kings expôs um problema de longa data. Os armadores do Sacramento penetraram demais no garrafão do Lakers, pois encontraram pouca resistência. "Eu não acho que é hora de soar o alarme", disse Ronny Turiaf. "Temos que preencher o garrafão. Temos que fechá-lo. É o que é preciso", disse ele.

    Isso não seria um grande problema se Andrew Bynum estivesse saudável, mas, seu retorno está previsto para pelo menos daqui um mês. Até lá, o time espera não cair muito nas posições do Oeste se este problema na defesa continuar. Kobe Bryant, ao contrário, não gostou de sua atuação no ataque. "Vou procurar ser mais agressivo e fazer com que os times sejam obrigados a fazer ajustes e cometerem mais faltas", disse Bryant. Phil Jackson também notou outro aspecto que mudou na Liga desde o All-Sar Game. Os jogos estão mais físicos. "As vezes ocorrem mudanças quando os juízes se reúnem durante o All-Star Game, e, de repente, eles estão arbitrando diferente. Todos estão jogando mais fisicamente. Todo arremesso acontece falta e as únicas faltas que você consegue são as óbvias, onde não há dúvida. Temos que aprender a nos tornar efetivos neste tipo de jogo", finalizou o Mestre Zen.

    COMENTE!! GO LAKERS GO!!!

    Fala aí!