Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    vitoria_e_lideranca_outra_vez O Los Angeles Lakers venceu o Toronto Raptors na noite de terça para quarta-feira no Staples Center em Los Angeles e reassumiu a liderança isolada da Conferência Oeste, uma vitória à frente do San Antonio Spurs. O triunfo inclusive serve para embalar o time para a dura sequência de partidas fora de casa contra os principais times do Oeste.

    O jogo começou com extremo equilíbrio, onde o Raptors se apoiou em Anthony Parker e o Lakers nas cestas de três pontos. O Toronto variava as jogadas de ataque, confundindo a defesa do L.A. Baseando seus ataques nos arremessos de perímetro, o Lakers conseguiu ficar à frente por praticamente todo o 1º quarto. Porém, após um pedido de tempo de Sam Mitchell, técnico do Raptors, faltando 2:57, o Lakers perdeu a liderança. T.J. Ford assumiu o controle das ações ofensivas do Toronto, com bons passes e tambem agressividade nas jogadas de ataque. Ele conseguiu uma falta quando ia arremessar de três contra Jordan Farmar nos segundos finais, converteu os lances livres e deixou o Raptors na liderança por 25 à 22. No 2º quarto o equilíbrio manteve uma pequena diferença a favor do Toronto, porém, os reservas do Lakers trataram de impulsionar a equipe para a virada. Jordan Farmar e Ronny Turiaf entraram muito bem, e, numa bomba de três do jovem armador do Lakers, a virada aconteceu. Faltando 6:28 para o intervalo, novamente Mitchell pediu tempo. Ao contrário do que aconteceu no primeiro período, o Lakers manteve o controle após a parada técnica e continuou arremessando muito bem do perímetro. Foi assim que Derek Fisher acertou outra bomba de três e o L.A. abriu sua maior vantagem na partida até então, sete pontos, faltando 3:04 para o fim do 2º quarto. O Toronto resolveu arriscar também de longe e com sucesso, foi diminuindo a vantagem. Porém, Fisher apareceu novamente e com outro arremesso tridimensional, fez com que o Lakers fosse para o intervalo vencendo por seis, 58 à 52.

    No 3º quarto, a partida ganhou tom de dramaticidade nos primeiros minutos. O Raptors ameaçou tentar a virada após uma sequência de três cestas tridimensionais de Anthony Parker, que cortaram a diferença para apenas dois pontos. Derek Fisher conseguiu um jumper e após boa sequência defensiva, o Lakers conseguiu recuperar o fôlego com Pau Gasol e Lamar Odom, que vinham bem no aproveitamento de arremessos. Kobe Bryant também acertou a mão da linha dos três pontos, e, como o Raptors não acompanhava o ritmo nos arremessos do perímetro, Anthony Parker resolveu tentar infiltrações. Numa delas, ele cavou falta e cortou a diferença para apenas cinco pontos. Pau Gasol foi para a linha de lance livre e converteu dois pontos, mas, Jamario Moon aproveitou um cochilo na defesa do L.A. e enterrou com estilo para o Toronto. O Lakers então recorreu à Lamar Odom, que, com um arremesso certeiro da zona morta e uma bola de três, aumentou a diferença para 7 pontos novamente, fazendo com que o L.A. fosse para o último quarto em vantagem de 83 à 77. O 4º quarto começou com muitos erros para ambos os lados, até que Jordan Farmar convertesse dois arremessos importantíssimos para dar a primeira vantagem de 10 pontos para o Lakers, 87 à 77 e tempo pedido pelo Raptors. O banco do Lakers novamente foi decisivo nos minutos seguintes. Variando as jogadas, o Toronto não se deixava morrer na partida. T.J. Ford ameaçava a tranquilidade do Lakers com seus arremessos e infiltrações. Sasha Vujacic, que não vinha bem até então acertou a mão e, junto com Kobe Bryant, manteve o Lakers na frente. Com uma bomba de três, Sasha fez com que a diferença chegasse à 12 pontos faltando 4:39 para o término do jogo. A partir daí, a partida se tornou mais defensiva, com os times fazendo esforços para impedir jogadas de ataque ou corridas de pontos. O tempo foi passando e a vantagem de 10 pontos começou a ficar inatingível para o Raptors. Na última tentativa de aproximação do Toronto, Rasho Nestevoric com uma bandeja diminuiu o déficit para seis pontos, porém, Pau Gasol com duas cestas seguidas e Derek Fisher, com outra bomba de três, colocaram fim a reação do time visitante. Sam Mitchelll tentou com alguns pedidos de tempo fazer com que seu time voltasse ao jogo, mas já era tarde demais. Com gritos de "MVP", Kobe Bryant converteu alguns lances livres e decretou a vitória do Lakers por 117 à 108. Confira os destaques da partida:

    Kobe Bryant: 34 pontos, 7 rebotes e 7 assistências
    Lamar Odom: 20 pontos, 9 rebotes e 3 assistências
    Derek Fisher: 18 pontos, 5 assistências e 2 roubadas de bola
    Pau Gasol: 12 pontos, 7 rebotes e 5 assistências

    T.J. Ford: 28 pontos, 5 rebotes e 4 assistências
    Anthony Parker: 21 pontos, 4 rebotes e 2 roubadas de bola
    Rasho Nesterovic: 18 pontos, 8 rebotes e 2 assistências
    Andrea Bargnani: 15 pontos, 6 rebotes e 6 assistências

    O Lakers agora vai iniciar uma sequência de 4 jogos fora de casa contra New Orleans, Houston Rockets, Dallas Mavericks e Utah Jazz. GO LAKERS GO!!

    Fala aí!