Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Após a derrota para o Portland, uma vitória no clássico de Los Angeles era obrigação para o Lakers continuar na briga pela primeira colocação na conferência Oeste da NBA. E o time não decepcionou seus torcedores, aplicando uma verdadeira surra no "primo pobre", e fechando o confronto entre eles na temporada por 4 a 0. Com a vitória, o time se coloca na segunda posição, atrás apenas do time de New Orleans.

    No começo da partida o Clippers tentou assustar os torcedores do Lakers no Staples Center e começou melhor a partida, principalmente devido a bela participação de Elton Brand nos minutos iniciais de jogo. Quando Al Thornton também apareceu no jogo, o time do Clippers conseguiu abrir 11 pontos de vantagem sobre o Lakers, que ainda não havia se acertado em quadra. Pouco a pouco porém, o conjunto do Lakers foi se sobreponto ao do rival, claramente inferior. E foi assim, com todos os jogadores do Lakers atuando bem que o time iniciou a reação que se tornaria mais tarde em uma avalanche de pontos. Melhorando a defesa e acertando mais os arremessos de quadra, o time já conseguiu virar o primeiro quarto vencendo por 2 pontos, com 27 a 25 no placar.

    Com alguns reservas em quadra no segundo quarto do jogo, as coisas começaram um pouco equilibradas, mas novamente o Lakers foi subindo de produção, e o Clippers já não via mais como segurar o oponente. Enquanto os titulares descansavam um pouco, Sasha Vujacic e Luke Walton seguram muito bem a barra do Lakers e quando os titulares voltaram, a diferença passoua crescer, principalmente devido a uma boa sequência de Pau Gasol. Mesmo com Al Thornton descontando no último segundo do primeiro tempo, os times foram para os vestiários separados por 9 pontos, em favor do time do Lakers.

    O terceiro período do jogo foi talvez o mais disputado do jogo. Enquanto Bryant, Gasol e Fisher se encarregavam da pontuação para o Lakers, o Clippers respondia com Al Thornton e Elton Brand. Dessa forma, a diferença sempre se mantinha em torno dos dez pontos. Entretanto, nos segundos finais do período um lance parece que mudou completamente o certo equilíbrio do jogo. O armador Jordan Farmar acertou um arremesso de muito longe do último segundo e elevou bastante a moral de seu time.

    A partir deste momento o Lakers passeou em quadra. O ala Luke Walton, um dos mais criticados do elenco do Lakers, entrou em quadra e destruiu o Clippers. O jogador fez a maior parte de seus 18 pontos neste período, e o Clippers parecia não achar um modo de pará-lo. Com a ajuda de Farmar então, o Lakers passava completamente por cima do seu adversário. Até mesmo DJ Mbenga resolveu aparecer no jogo e acertou três dos seus 6 arremessos para anotar os seus seis pontos no jogo. Com isso, o placar não poderia ser outro senão uma grande vitória do Lakers por 106 a 78.

    Los Angeles Lakers:

    Luke Walton - 18 pontos, 5 rebotes, 4 assistências.
    Kobe Bryant - 16 pontos.
    Lamar Odom - 14 pontos, 13 rebotes.

    Los Angeles Clippers:

    Elton Brand - 23 pontos
    Al Thornton - 22 pontos, 10 rebotes.

    Fala aí!