Espalhe!
  • Bate Papo 0
    O Los Angeles Lakers varreu com autoridade o rival local Los Angeles Clippers com a vitória por 106 à 78, algo que não acontecia desde a temporada 2002'2003. Além de tudo, foi uma vitória essencial após o mau momento sofrido pela equipe com a derrota para o Blazers. Agora, o Lakers vai embalado para o confronto crucial pela corrida no Oeste contra o New Orleans Hornets hoje à noite novamente no Staples Center.

    Mas, nem tudo na noite de ontem foi como o esperado. Andrew Bynum, que viajou para Nova Iorque dias antes com a intenção de ser liberado para os jogos, não conseguiu o aval médico e só deve voltar mesmo nos Playoff's. "Eu acho que há um sentimento de desapontamento", disse o técnico Phil Jackson. "Ele parece estar bem e vem treinando um pouco", revelou o Mestre Zen. Mesmo assim, o técnico do Clippers Mike Dunleavy classifica o Lakers como candidato ao título, seja com Bynum ou sem ele. "A troca por Pau Gasol solidificou muito as coisas para eles", disse Mike. "Eles são candidatos e provavelmente irão ganhar tudo", revelou sua opinião Dunleavy.

    E quando o Lakers consegue praticar um bom basquete coletivo, realmente parece não encontrar adversários à altura. Ontem, seis jogadores marcaram mais de 10 pontos. Luke Walton trouxe a mão certeira nos arremessos do perímetro e uma boa variedade de movimentos embaixo da cesta, sendo o maior pontuador do time com 18. No geral, os reservas atuaram bem. "Eu acho que eles vieram com maior empolgação, com a atitude certa, não só de manter a liderança, mas de ampliá-la", disse o técnico Phil Jackson. Outro fator que foi considerado primordial foi o descanso que esta boa atuação dos reservas proporcionou aos titulares. "Jogando duas partidas seguidas, nós definitivamente usaremos este descanso que tivemos no 2º tempo", disse Vladimir Radmanovic. "A chave foi que os outros jogadores atuaram muito bem", disse ele, já pensando no confronto contra o New Orleans Hornets hoje.

    Kobe Bryant, como sempre, queria ter jogado a partida toda, mas foi barrado por Phil Jackson e também por essa boa atuação dos reservas. "Ele queria ter jogado muitos minutos no primeiro tempo", disse Phil. "Dei um pequeno descanso para ele, mas ele sentia que tinha energia. Seu arremesso estava ruim. Ele não estava elevando muito e suas estatísticas mostram isso", disse Jackson sobre Kobe. O que importa são os arremessos caírem hoje!! GO LAKERS GO!!!

    Fala aí!