Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    kobe_nao_treina_novamente,_mas_diz_que_esta_pronto_para_jogar Kobe Bryant não treinou, nem mesmo arremessou uma bola nesta terça, mas reafirmou que fará parte do time no jogo mais importante da temporada até aqui.

    Ele parecia solto e relaxado, assim como ele falou para os reporters, um contraste para os espasmos musculares que ele tem se queixado desde o último domingo. ELe falou que ainda existe um pouco de dor, mas que ele se sente melhor do que na segunda e, obviamente, do que no domingo, quando ele foi para o chão duas vezes durante a derrota do Lakers no jogo quatro.

    Menos de uma semana depois de ele ter recebido o troféu de MVP emfrente a uma multidão, Bryant não estava certo se ele poderia fazer isto novamente -- "Eu iria apenas deixá-lo na mesa e olhar para ele," disse ele -- mas ele permanece compromissado com o jogo 5, nesta noite no Staples Center.

    Bryant esperava poder fazer algum trabalho no treino de arremessos de hoje se a suas costas permitissem, mas ele já estava pronto para hoje a noite. "Eu acho que a chave é tentar saber como e o que você pode ou não fazer," ele disse. "Eu não acho que será ruim de novo, mas se for, eu tenho que saber o que posso ou não fazer."

    Bryant ainda se divertiu com os reporters na terça-feira, rindo como se isso tivesse se tornado obvio o que ele iria responder.

    Deu ele algum arremesso na terça? "Não."

    Se o jogo fosse na terça, você jogaria? "Sim."

    Teria alguma circunstância que o tiraria do jogo de hoje? "Não."

    O tratamento tem feito diferença? "Sim."

    Ele estava melhor na terça-feira? "Sim."

    "Há a possibilidade de ele não arremessar muito bem, mas que não nos preocupa muito porque ele achará um meio de fazer o que for necessário no jogo em qualquer level," disse Phil Jackson."O tanto que ele puder jogar, nós ficaremos satisfeitos."

    Pau Gasol e Lamar Odom serão os jogadores que devem chamar a responsabilidade de Bryant não funcionar.

    "Se eu for necessário, é claro," Gasol disse. "Eu não tenho problemas em ser agressivo e chamar a responsabilidade se for o caso."

    Fala aí!