Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    lakers_vai_tentar_controlar_a_torcida Muitos times se perguntam antes de jogar contra o Utah Jazz em seu ginásio, a EnergySolutions Arena: Como aguentar a pressão? Como sobreviver num local onde o Jazz tem um recorde de 37 vitórias e 4 derrotas? No caso do Lakers, que já venceu o Utah em seus domínios nesta temporada, a chave é controlar o ânimo da torcida adversária.

    O barulho é tanto no ginásio do Jazz que o técnico do Lakers Phil Jackson já admitiu ter usado tampões nos ouvidos para suportar a intensidade do barulho provocado pela torcida da casa. "Eu usei tampões uma vez", disse ele. "Mas a Liga tem feito algo sobre o nível dos decibéis e espero que isso não pare", revelou o Mestre Zen. Muitos técnicos acreditam que, a melhor maneira de silenciar uma torcida vibrante é construir uma boa liderança no começo do jogo. "Eu sempre achei que a melhor forma de jogar contra eles é vencê-los no finalzinho. Eu tive um time uma oportunidade que construiu uma vantagem de 25 pontos no primeiro tempo e perdeu no final", revelou Jackson, contrariando o senso comum.

    Mas como os jogadores são afetados por este tipo de comportamento do torcedor que incentiva sua equipe? "Quando a torcida se empolga, você por vezes fica nervoso e isso pode prejudicar o time. Temos que nos certificar de permanecermos no nosso tempo de jogo", revelou o ala Luke Walton. E a confiança por jogar em casa faz com que os jogadores do Utah ignorem o histórico que aponta apenas 13 times que conseguiram reverter uma desvantagem de 2 à 0 na história dos Playoff's. "Eu acho que vai ser um pouco diferente, basicamente porque jogamos em casa", disse o armador Deron Williams. "Temos que fazer um esforço consciente de que precisamos começar melhor os jogos. Foi o segundo quarto no jogo um, e o primeiro no jogo dois", disse ele sobre as derrotas em Los Angeles.

    GO LAKERS GO!!!

    Fala aí!