Espalhe!
  • Bate Papo 0
    O Boston Celtics conseguiu uma virada sem precedentes na história dos playoffs da NBA ao derrotar o Los Angeles Lakers por 97 a 91 na noite desta quinta-feira no Staples Center. Com o resultado, o time visitante fica a apenas uma vitória de conquistar o título da temporada da NBA, com 3 a 1 na série decisiva.

    Além de romper a invencibilidade dos Lakers nos playoffs em Los Angeles, o Boston reagiu na partida após perder o primeiro quarto por 21 pontos, a maior diferença tirada de um período inicial na história dos playoffs. O Los Angeles fica obrigado a cumprir outra façanha histórica. Todas as equipes que abriram 3 a 1 nos playoffs finais foram campeões. O cestinha da partida foi Paul Pierce, com 20 pontos, sendo 14 nos dois quartos finais.

    A partida

    Com uma atuação arrasadora, os Lakers terminaram o primeiro quarto com o placar favorável em 35 a 14. O domínio da equipe treinada por Phil Jackson foi protagonizado principalmente pelas figuras do garrafão, Lamar Odom e Pau Gasol, que haviam sido contestadas nas partidas inaugurais do confronto em Boston. Odom sozinho marcou 13 pontos, quase o total anotado pelos Celtics no primeiro quarto.

    Depois do atropelamento amarelo no período inicial, o Boston conseguiu marcar dez pontos seguidos em quatro minutos para diminuir a vantagem para 12 pontos. Mas no estouro do relógio para o intervalo o armador Jordan Farmar acertou uma linda cesta de três pontos e deixou o placar em 58 a 40 para os Lakers.

    Reviravolta no terceiro período


    Ray Allen teve atuação decisiva no últimos dois quartos da partida

    O que terá feito o técnico Doc Rivers no intervalo para transformar a equipe do Boston Celtics? Tudo o que o time não jogou no primeiro tempo, sobrou no terceiro quarto. Com uma defesa forte e uma jogo coletivo envolvente no ataque, os Celtics reagiram de forma assustadora. Nos últimos seis minutos do quarto, com jogadas certeiras de Pierce e cestas de longa distâncias de House, o Boston fez 21 pontos contra somente três do adversário, atordoado com a reação que deixou o Boston apenas dois pontos atrás no placar: 73 a 71.

    Sob intensa pressão, os Lakers voltaram para o último quarto precisando resgatar o controle emocional. O jogo era disputado ponto a ponto, e o Boston conseguiu liderar o placar pela primeira vez a quatro minutos do fim, com uma cesta de Eddie House. O show dos Celtics continuou com uma bandeja de costas sensacional de Ray Allen. A bola continuava pelando na mão dos Lakers e Garnett fez mais dois pontos, ampliando a vantagem para 88 a 83 a dois minutos do fim. Bryant convertou dois lances livres. Pierce acertou apenas um. Kobe penetrou no garrafão para diminuir a diferença para dois pontos, mas Posey converteu uma cesta espetacular de três pontos. Fisher respondeu com um arremesso de dois pontos de fora do garrafão, faltando um minuto. Pierce pôs de novo a vantagem em cinco pontos com dois lances livres. Gasol deu bela enterrada em passe de Kobe. Mas Ray Allen penetrou livre no garrafão e recolocou os cinco pontos de vantagem no placar. Vujacic e Gasol erraram seus arremessos e House fez o último ponto em lance livre. Fim de jogo, o Boston Celtics fez história na casa dos Lakers.

    CELTICS
    Paul Pierce: 20 pontos ? 7 assistências ? 6-13 FG
    Ray Allen: 19 pontos ? 9 rebotes ? 6-11 FG ? 48 minutos em quadra
    James Posey: 18 pontos ? 4 bolas de três pontos convertidas
    Kevin Garnett: 16 pontos ? 11 rebotes ? 7-14 FG
    Eddie House: 11 pontos

    LAKERS
    Lamar Odom: 19 pontos ? 10 rebotes ? 8-11 FG
    Kobe Bryant: 17 pontos ? 10 assistências ? 4 roubos de bola ? 6-19 FG
    Pau Gasol: 17 pontos ? 10 rebotes ? 3-6 FG
    Derek Fisher: 13 pontos ? 4-5 FG
    Vladimir Radmanovic: 10 pontos ? 5 rebotes

    Fala aí!