Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Shaquille O'neal voltou a atacar. O ex-pivô do Lakers, tricampeão da NBA entre 2000 e 2002 cutucou o astro Kobe Bryant ao cantar uma música de Rap em um clube noturno na cidade de Nova Iorque. Isso era tudo que os tablóides queriam, afinal, nada como ter de volta a velha rivalidade entre os dois.

    Shaq, diz em uma frase da música que "na semana passada, Kobe não pôde vencer sem mim", fazendo referência à derrota do Lakers nas Finais da NBA para o Boston Celtics de Kevin Garnett. Com a derrota, o L.A. continua sem vencer um título depois da era O'neal, que já venceu um campeonato pelo Miami em 2006. A briga que parecia encerrada agora foi revivida, pelo menos é o que acreditam os jornais norte-americanos, e até mesmo alguns fãs de ambos os jogadores. A paz entre os dois estava selada, inclusive Shaq escolheu Kobe como seu MVP nesta temporada, prêmio que Bryant conquistou de fato.

    Se teve a intenção ou não de reviver a rixa com Bryant, nós não sabemos, Shaq após o fato disse que tudo foi uma brincadeira. "Foi tudo na hora da diversão. Nada sério. Estou numa boa com Kobe. Nenhum problema", disse ele. Realmente, nesta oportunidade, Bryant não conseguiu ganhar o campeonato sem Shaq, mas talvez O'neal não lembre que o Phoenix Suns ficou logo no começo dos Playoff's com ele. O que será mais fácil, o Lakers voltar a disputar o título na temporada que vem ou o Suns? Se Kobe fosse fazer um rap a resposta seria das boas.



    GO LAKERS GO!!!

    Fala aí!