Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    vitoria_suada_contra_rockets Kobe Bryant não teve bom aproveitamento de seus arremessos, mas fez 13 pontos no último período e marcou 11 dos últimos 18, garantindo ao Lakers a vitória em um jogo disputado contra o Houston Rockets.

    Os times mandaram à quadra suas formações iniciais. O Lakers, com o tradicional quinteto de Fisher, Bryant, Radmanovic, Gasol e Bynum. O Rockets apareceu com Alston, Wafer, Battier, Scola e Yao.

    Logo no começo, o Rockets pulou na liderança. Uma bola de três de Rafer Alston deu ao time da casa um placar de 7 a 2 em dois minutos. Na metade do período, Vladimir Radmanovic tentava igualar a partida, pois já tinha sete pontos e quatro rebotes, mas seu esforço era em vão. O Rockets liderava por 20 a 11.

    No final do período, o Lakers encaixou uma sequência de seis pontos que não foi respondida pelo Rockets, e chegou a liderar pela primeira vez antes do fim do período, mas uma cesta de Alston selou os doze primeiros minutos em favor do Rockets. 26 a 25.

    No segundo período, jogo parelho. O Lakers tinha um aproveitamento ruim dos arremessos no primeiro, mas compensou neste segundo quarto (a exceção era Bryant, que terminou com 6-17). Os dois times convertiam altas parcelas de seus arremessos, e nenhuma equipe conseguiu abrir vantagem significativa. O período terminou em 29 a 28 para o Lakers, levando os times para o intervalo com o placar de 54 a 54.

    Kobe Bryant era o destaque do Lakers com 16 pontos, seguido por Ariza e Bynum com 8. Bynum, porém, tinha apenas 40% de seus arremessos convertidos.

    Pelo Rockets, Von Wafer teve 14, e Yao Ming colaborou com 8.

    Segundo tempo em andamento, o Rockets tenta abrir vantagem. Até consegue uma tímida liderança de 6 pontos, em um arranque liderado por Yao Ming, mas o Lakers logo empata e o jogo volta a ser parelho, com Bryant e Yao liderando as respectivas equipes. Pelo Houston, Carl Landry vem bem do banco, pois Luis Scola tem problemas de faltas.

    Nos últimos minutos do terceiro período, o Rockets abre vantagem. Com Yao e Wafer liderando, o time da casa abre uma margem de seis pontos, que força um pedido de tempo de Phil Jackson.

    Após alguns minutos matendo esta vantagem, o Rockets assiste Trevor Ariza converter uma bola de três que a corta pela metade. Von Wafer converte arremesso, e Lamar Odom consegue cesta e falta, diminuindo a vantagem para dois pontos apenas. Após lances-livres de Landry, e uma cesta de Wafer, Gasol converte dois lances-livres e põe o Lakers atrás por quatro, e é assim que termina o período, após Brent Barry errar um arremesso. 82 a 78 Rockets.

    No quarto período, o Rockets buscou manter a liderança, e o Lakers corria atrás para toma-la. Isto finalmente aconteceu próximo à marca dos quatro minutos por jogar. Com Odom, Bryant e Radmanovic bem no jogo, o Lakers conseguiu abrir quatro pontos de vantagem.

    Wafer e Landry não se deram por vencidos, e o jogo continuou parelho. Os dois continuaram pontuando, e com Yao Ming pegando rebotes, o time de Houston continuou no jogo.

    No começo do último minuto, o Lakers tentou roubar a bola, mas acabou dando a Shane Battier a chance de converter uma cesta de três, que deu ao Rockets uma liderança de um ponto. Logo em seguida, Bryant converteu uma bola de três com extrema pressão de seu marcador, e deu ao Lakers uma vantagem de dois pontos com 27 segundos no relógio.

    Rafer Alston sofreu falta quando ia para a cesta com 9 segundos por jogar. O armador do Rockets errou os dois lances, e o time de Houston foi obrigado a fazer falta. Pau Gasol foi para a linha dos lances-livres, errou o primeiro e converteu o segundo.

    Com sete segundos no relógio, Rick Adelman pediu tempo. O Rockets perdia por três, e precisava de uma bola de três para empatar o jogo. Boa defesa por parte do Lakers, que fechou a linha de três, forçando Yao Ming a tentar um arremesso de dois pontos que não chegou a bater no aro. O Rockets novamente fez falta em Gasol, que converteu os dois lances, fechando o placar em 105 a 100.

    Destaques

    Lakers
    Kobe Bryant - 33 pontos, 7 rebotes 13-32 FG
    Trevor Ariza - 14 pontos
    Vladimir Radmanovic - 12 pontos, 6 rebotes

    Rockets
    Yao Ming - 19 pontos, 17 rebotes
    Von Wafer - 23 pontos
    Carl Landry - 21 pontos

    Fala aí!