Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    lakers_bate_jazz_sem_problemas Na segunda partida da série melhor de sete jogos, o time do Los Angeles Lakers precisava da vitória para ir até Salt Lake City com a vantagem sobre o adversário e para manter a vantagem de poder decidir em casa, caso necessário.

    Querendo a vitória, o time do Lakers foi logo para cima do Jazz. Contando com um ataque impressionante, o time de Los Angeles praticamente não errava nada. Com Andrew Bynum aparecendo muito bem no começo da partida, rapidamente o placar já mostrava vantagem para o time da casa. Em um primeiro quarto onde o Lakers errou apenas três arremessos, o time acabou liderando por incríveis 41 a 29.

    Embora o Jazz tenha tentado diminuir a diferença no segundo quarto, o Lakers continuava sendo superior. Mesmo com reservas em quadra, o time comandado por Phil Jackson era superior. Depois de ver sua vantagem cair para menos de dez pontos, o Lakers fez uma boa corrida e chegou a abrir 20 pontos em determinado momento. No entanto, após um final de quarto ruim, a vantagem no intervalo era de 11 pontos.

    Assim como havia feito no jogo um da série, o Jazz voltou para o terceiro quarto disposto a diminuir a diferença. E até que conseguiu, tendo cortado para seis pontos apenas, no início do terceiro quarto. Mas, novamente, o Lakers soube muito bem controlar a situação e, não se desesperando, voltou a aumentar a vantagem para mais de dez pontos. Depois de empatar o terceiro quarto em 23, o Lakers foi para o último quarto com os mesmos 11 pontos de vantagem.

    Novamente com os reservas iniciando o último quarto, o Lakers conseguiu segurar o ímpeto do Jazz e mantinha uma boa margem de vantagem na partida. No entanto, com um Deron Williams muito inspirado, o jogo tornou-se um pouco mais complicado para o Lakers. Já com titulares em quadra, o Los Angeles viu o rival cortar para três pontos apenas a vantagem. Mas, novamente mostrando a tranqüilidade de um grande time, voltou a controlar a situação e, no final, conseguiu uma boa vitória por 119 a 109.

    Kobe Bryant, terminou a partida como o cestinha da sua equipe, com 26 pontos, quatro a mais que Gasol. Bryant ainda deu nove assistências e pegou seis rebotes, mesmo número de Gasol, que deu apenas uma assistência. Outro bom nome do time da casa foi o ala reserva Lamar Odom, que marcou 19 pontos.

    No Jazz, o grande nome foi mais uma vez o armador Deron Williams, que saiu de quadra como o cestinha da partida, com 35 pontos. Ele também foi importante nos passes decisivos que resultaram em cestas para o seu time, com nove assistências. O ala Carlos Boozer acabou sendo o único jogador da noite a conseguir um duplo-duplo, com 20 pontos e dez rebotes. Mas nada que assustasse o time de L.A.


    Agora, com a vantagem de dois jogos a zero na série, os dois times vão até Utah, onde realizarão as próximas duas partidas. O primeiro desses dois jogos acontecerá na quinta-feira.

    Fala aí!