Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    lakers_E_o_campeAo_do_oeste Kenyon Martin teve a ousadia de dizer que o Lakers na final só ocorreria se fosse em NBA live. Pois o ala-pivô do Nuggets deveria saber contra quem ele estava jogando. Depois de ter perdido o jogo dois da série, em Los Angeles, o Lakers tratou de mostrar quem realmente manda e, desde então, só não fez uma série perfeita devido ao cansaço apresentado no jogo quatro.

    Desejando fechar a série, sem que ela voltasse para a Los Angeles, onde seria realizado o jogo sete, o time do Lakers entrou em quadra com um só pensamento, o de fechar a série. E logo desde os primeiros minutos,o time comandado por Phil Jackson mostrou que o jogo cinco não havia sido uma exceção, e entrou em quadra disputando tudo. Com todo este empenho, logo o jogo já se mostrava sob controle do time californiano. Assim como na última partida, Bryant se mostrava um bom facilitador das jogadas ofensivas, e, com isso, o Lakers rendia muito bem.

    Depois de abrir cinco pontos de vantagem no término do primeiro período, contando com mais uma grande atuação do ala Trevor Ariza, o Lakers viu o Nuggets querer dificultar as coisas no segundo período. Contudo, logo após ver o rival passar a frente por um ponto, o Lakers tratou de fazer uma corrida de pontos que o fez abrir nova vantagem. Depois de passar muito bem a bola, Bryant resolveu atacar e pontuar no final do primeiro tempo. Pior para o Nuggets, que assim como qualquer outro, não tinha condições de parar o camisa 24 do Lakers. Dessa forma, a vantagem no intervalo da partida era de 13 pontos a favor do Lakers.

    O terceiro quarto era talvez a grande esperança do Denver Nuggets. O time do Colorado sabia que se o Lakers chegasse para o período final com uma boa vantagem, dificilmente seria capaz de reverter a situação. Dessa forma, este período se mostrou o mais equilibrado do jogo. Desta vez com os ataques levando vantagem sobre as defesas, a pontuação se alargava um pouco mais. Porém, muito bem no jogo, o Lakers mantinha-se controlando a situação. Com Bryant mais uma vez muito inspirado e contando com a colaboração de outros jogadores, como Luke Walton e Vujacic, que vieram do banco, a vantagem para o último quarto cresceu para 16 pontos e, assim, o título do Oeste estava praticamente decidido.

    Com a partida praticamente decidida, o Lakers sabia que a única coisa que precisava fazer para liquidar de vez o jogo era ter um bom começo de quarto. Foi o que o time fez. Ainda liderados por Bryant, o Lakers mostrou um coletivo muito bom, não dando a menor chance para o rival. Sem ter o que fazer, o Nuggets sabia que era tarde demais para qualquer reação. Com isso, veio o desânimo. O título do Oeste já estava assegurado. Restava ao Lakers esperar o fim da partida. Porém, ainda teve tempo para elevar ainda mais a vantagem, que terminou em 27 pontos a favor do time visitante, com o placar final mostrando Lakers 119, contra 92 do Nuggets.

    Dessa forma, o Los Angeles Lakers chegou ao seu 30º título da conferência Oeste e terá, mais uma vez, a chance de ganhar mais um anel de campeão da NBA. Agora, o time espera a definição da série entre Orlando Magic e Cleveland Cavaliers, que se encontra 3 a 2 para o Orlando. O jogo seis desta série será realizado amanha, em Orlando, quando o Magic terá a chance de garantir a segunda vaga para a grande decisão, que terá início no dia quatro de junho. GO LAKERS!!!!

    Fala aí!