Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    no_sufoco,_lakers_abre_3_a_0 Após fazer o dever de casa e abrir 2 a 0 na série, o Los Angeles Lakers foi para Salt Lake City para a disputa dos jogos três e quatro. Fora de casa, o Lakers tenta conseguir uma vitória, para se aproxima ainda mais de outra final de conferência. Dou outro lado, o Jazz jogava para se manter em condições de disputar a vaga. Para isso, o time de Utah ganhou o reforço da volta de Andrei Kirilenko, que até então não havia entrado em quadra nos playoffs devido a uma lesão na panturrilha.

    E com esse espírito de sobreviver na série, o time do Jazz começou melhor a partida. Depois de alguns ataques em branco por parte de ambas as equipes, o Jazz passou a achar seu jogo. Guiados por sua grande estrela, Deron Williams, o time da casa começou a tomar conta do marcador. Pelo Lakers, apenas Kobe Bryant acertava a mão, tendo feito os nove primeiros pontos do time na partida. Porém, o Jazz seguia melhor no aproveitamento de seus arremessos e, com isso, mantinha-se em vantagem na partida. Mal no ataque, o Lakers se mantinha vivo na partida graças a uma boa defesa. Assim, o primeiro quarto terminou com com o Jazz vencendo por 22 a 17.

    No segundo período, o Utah Jazz se aproveitou que alguns titulares do Lakers estavam no banco e tentou abrir vantagem. Com boa participação de Wesley Matthews e com a boa pontaria de Kyle Korver, o time da casa levou vantagem no início do período. Com o apoio de sua torcida, o Jazz conseguiu por dígitos duplo de vantagem no marcador. Porém, aos poucos o Lakers foi melhorando. Do banco, Shannon Brown e Jordan Farmar deram uma boa contribuição. Bryant também continuava bem para o Lakers, mas o fator fundamental para a reação do Lakers no período foi Derek Fisher. Cavando duas faltas de ataque em Deron Williams e com boa mão nos arremessos de quadra, o armador foi fundamental para que o placar chegasse a 54 a 50 para o Jazz no fim do primeiro tempo.

    Voltando para o segundo tempo, o Lakers estava mais acordado que o Jazz e logo tratou de ir para cima do rival. Pau Gasol, Bryant e Fisher foram nomes bastante ativos no início do período. Assim, o Lakers finalmente conseguiu assumir a liderança. Depois disso o Jazz voltou a equilibrar a partida, que ficou então muito disputada e pegada. Aí quem começou a aparecer foi o ala Ron Artest. Apagado no primeiro tempo, o ala passou a ganhar confiança e a acertar seus arremessos. Com Fisher continuando com a pontaria acertada, o Lakers seguia bem na partida. No final do período, Pau Gasol conseguiu dois pontos para o Lakers, que foi em vantagem de 82 a 80 para o último quarto.

    Artest continuou muito bem no início do quarto período. Porém, Korver estava com a mão incrivelmente calibrada e, com arremessos certeiros, voltou a colocar o Jazz em vantagem na partida. O jogo então voltou a ficar muito equilibrado, com os dois times se alternando na liderança. Com pouco mais de seis minutos para o fim, o Jazz conseguiu abrir cinco pontos de vantagem. O Lakers, no entanto, não deixou o time da casa dar continuidade ao bom momento e conseguiu diminuir a diferença. Kobe tratou então de chamar a responsabilidade. Porém, o astro do Lakers errou alguns ataques, e o Jazz se aproveitou para por quatro de vantagem novamente. Foi então que outro jogador até então apagado apareceu. Com cinco pontos seguidos, Lamar Odom colocou o Lakers em vantagem novamente. Mas Korver estava impossível e voltou a acertar a mão nos arremessos de três, ajudando a colocar o Jazz em vantagem por três pontos. Aí Bryant apareceu. Depois de converter uma bola três, o astro do Lakers ainda deu uma assistência para Fisher acertar outra bola de três e colocar o Lakers em vantagem por um ponto. Com um ponto de vantagem, o Lakers fez uma besteira incrível, e o Jazz teve então a chance da vitória. Porém, Williams errou o arremesso e Matthews ainda errou o tapinha antes de o jogo acabar em 111 a 110 a favor do Lakers.

    Com a vitória, o Lakers abre três jogos a zero e fica a uma vitória apenas de se classificar para mais uma final de conferência. Vale destacar no jogo de hoje a fantástica atuação de Derek Fisher, que terminou o jogo com 20 pontos e pelo segundo tempo de Ron Artest, que terminou o jogo com 20 pontos. GO LAKERSSSS!

    Fala aí!

    Lakers Brasil: Desde 2006, tudo sobre o Los Angeles Lakers

    • Facebook
    • Instagram
    • Twitter