Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    12 de Setembro de 2014 postado por Renato Campos

    nao_importa_quem_seja_o_titular_lin_e_o_armador_principal

    Recentemente, Mark Medina do LA Daily News entrevistou o técnico Byron Scott. E dentre os vários tópicos discutidos, o time titular veio a tona como foi noticiado aqui anteriormente. Pelo menos para o training camp que está prestes a começar, Hill, Boozer, Johnson, Bryant e Nash tem lugar garantido  no quinteto inicial.  O mais criticado por parte dos torcedores foi Steve Nash. Por não conseguir se manter saudável por muito tempo, a galera pegou no pé do técnico Byron Scott. O restante dos titulares todos já podiam imaginar. Mas por que a posição de armador titular não tem tanta importância assim.

    Byron Scott é o técnico ideal para tirar o melhor dos seus armadores. Não esqueçam que ele trabalhou o Chris Paul em New Orleans e ainda com Kyrie Irving no Cleveland. E apesar dos times não terem muito sucesso nesses períodos, Scott foi capaz de tornar esses dois em jogadores em nível All-Star. E para o Lakers, a melhora de jogo dos armadores vai ser um processo natural e ao mesmo tempo urgente. 

    Steve Nash não vai mais jogar por 25 minutos por noite. Podemos arriscar que o veterano deva estar em quadra por no máximo 20 minutos e ainda, que não vai participar de todas as partidas. Jeremy Lin vai ser o coringa de Scott e não se surpreenda se ver os dois em quadra com Steve Nash em posição de armador arremessador  encaçapando suas últimas bolinhas tranquilamente.

    Até o final da temporada, Steve Nash não será o armador titular.

    E qual o problema de começar jogando com Nash? A meu ver, é muito mais sensato começar o jogo com um jogador veterano do que durante uma partida em pleno vapor. E ainda, com Kobe na quadra, Lin não teria o espaço que ele costuma ter com a bola dominada. Com Lin chegando em um segundo momento, Scott dá mais resposabilidade ao jogador em preparação para chegar ao quinteto titular.

    Não importa o que aconteça, Scott já tem tudo planejado. Nash começa, Lin tem mais tempo em quadra e Clarkson aproveita o restante. Mesmo que Lin não seja titular, ele é o nosso armador principal nesta temporada.

    Fala aí!