Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Franklin Sampaio

    20 de Novembro de 2014 por Franklin Sampaio

    Numa partida disputada desde o início, o Lakers deu as cartas para o time da casa. Isso porque Carlos Boozer e Kobe Bryant comandavam o ataque desde o início da partida. Mas o Rockets sempre estava ali, dando trabalho e invertendo placares o tempo inteiro, querendo pegar o Lakers pelo cansaço da partida na noite anterior. Até pareceu dar certo no primeiro instante, aí a rapazeada tomou um gole d'água no intervalo e ficaram novos pra reverter o placar no fim do jogo.

    Ninguém sabe, ninguém viu

    O torcedor começa a assistir o jogo do Lakers já sofrendo uma surra mental de como o garrafão iria ter dificuldade pra parar Dwight Howard e psicologicamente já vai ficando abatido antes mesmo de a partida começar. De repente, cadê Dwight Howard? 

    Pois é, o pivô sentiu o joelho durante o aquecimento e na hora da bola subir, se viu obrigado a usar o ala Tarik Black para a posição, o que facilitou muito a vida do Lakers no garrafão.

    Carlos Boozer em: "Tô velho, mas tô novo!"

    E contou com a ausência de Howard para deitar e rolar no garrafão no primeiro tempo. Único jogador com mais de 10 pontos antes do intervalo da partida, Boozer também já vinha com 9 rebotes e ajudava Kobe Bryant e Nick Young a comandar o ataque do Lakers.

    Um pouco mais de sossego pra Bryant

    Já dá pra se perceber que Kobe Bryant passou a confiar muito mais nos seus companheiros após o retorno de Nick Young, e não é pra memos. Young que esteve presente na partida por 28 minutos, marcou ótimos 16 pontos e deu um belo descanso ofensivo pra Kobe Bryant.

    O astro do Lakers esteve em quadra por 40 minutos, anotou 29 pontos e foi o cestinha da partida.

    Wes Johnson decreta vitória

    E quando o Lakers mais precisou de defesa durante a partida, ela teria que vir de Wesley Johnson. Faltando 45 segundos para o fim da partida, Johnson roubou a bola de James Harden, fez a bandeija e sofreu a falta, colocando o Lakers de vez na frente do placar e para não mais sair.

    Atuações

    BOOZER: 12 pontos e 13 rebotes (5-15 FG);
    HILL: 16 pontos e 10 rebotes (7-12 FG);
    JOHNSON: 9 pontos e 2 roubadas (2-6 FG);
    BRYANT: 29 pontos, 5 rebotes e 7 assistências (10-28 FG);
    LIN: 3 pontos e 4 assistências (1-5 FG);

    DAVIS: 6 pontos e 11 rebotes (3-5 FG);
    YOUNG: 16 pontos e 4 rebotes (6-15 FG);
    PRICE: 5 pontos, 1 rebote e 1 assistência; (2-3 FG);
    SACRE: 2 pontos (1-2 FG);

    Melhores momentos

    Fala aí!