Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    26 de Março de 2015 por Renato Campos

    Em uma temporada em que vencer é "perder", o Lakers tinha pela frente o Minnesota Timberwolves, último colocado da conferência oeste e rival direto por uma melhor posição no Draft. O jogo parecia se caminhar para uma vitória fácil do Lakers, mas o Wolves resolveu aprontar no final levando o jogo para a prorrogação. E foi lá que Jordan Clarkson liderou o time para uma vitória apertada.

    Times muito equilibrados

    Equilibrio nem sempre quer dizer que algo foi bom. E foi o que aconteceu na noite de ontem. Durante o primeiro tempo de jogo, apenas Wiggings havia marcado mais de 10 pontos. Os dois times arremessaram menos de 50 por cento na etapa. E ainda nos primeiros 24 minutos de jogo, o Lakers havia errado por 7 vezes, o Wolves por 12. Este sem dúvida era um jogo atípico de NBA.

    Tudo aconteceu no final

    O jogo estava empatado em 85, foi ai que Jabari Brown acertou uma bola de 3 pontos, seguida por um arremesso de Clarkson que deixou o placar em 90-85 faltando apenas dois minutos pro final. Wiggins errou uma bola de longa distância mas Zack La Vine converteu dois lances livres após erro de Clarkson. A liderança do Lakers estava em três pontos. E com mais um erro do Lakers, que foram 16 no final das contas, o Wolves aproveitou para empatar a partida.

    Clarkson decide no final

    Os times trocavam cestas durante a prorrogação até que Jordan Clarkson, que saiu da partida com uma coleção de arranhões nos braços, enfrentava os grandalhões do Wolves nas suas infiltrações no garrafão. O calouro terminou o jogo com 20 pontos em 16 arremessos e ainda 5 assistências, 5 rebotes e 2 roubadas. E o mais importante de tudo, fechou o jogo com a frieza de um veterano acertando dois lances livres seguidos para garantir a vitória do time.

    Foi um jogo bem feio. Só continuamos a jogar. @JordanClarkson

    Agora o time voa para Toronto onde enfrenta o Raptors nesta sexta feira no retorno do técnico Byron Scott.

    Em tempo, pedimos desculpas a vocês, amigos, por ontem não termos tido a habitual matéria de introdução dos jogos. Por problemas pessoais não tivemos condições de fazê-la. Contamos com a compreensão de sempre de vocês, e seguimos nossa longa jornada que no próximo ano, já completa 10 anos. E que seja voltando a ter muitas glórias como já postamos aqui durante este tempo. Um abraço, Renato Campos. GO LAKERS!

    Atuações:

    KELLY: 11 pontos, 8 rebotes, 2 assistências, 1 roubada e 1 toco (5-9 FG);
    BLACK: 11 pontos e 7 rebotes (5-6 FG);
    JOHNSON: 6 pontos, 3 rebotes, 1 assistência e 1 roubada (3-6 FG);
    LIN: 19 pontos, 3 rebotes, 5 assistências,1 roubada (6-14 FG);
    CLARKSON: 20 pontos, 5 rebotes, 5 assistências, 2 roubadas e 1 toco (6-16 FG);

    DAVIS: 14 pontos, 9 rebotes e 1 roubada (7-9 FG);
    SACRE: 4 pontos, 2 rebotes e 2 assistências (2-5 FG);
    BROWN: 9 pontos, 4 rebotes, 3 assistências e 1 roubada (3-4 FG);
    ELLINGTON: 7 pontos, 7 rebotes, 3 assistências e 1 roubada (3-19 FG);

    Melhores Momentos:

    Fala aí!