Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    07 de Dezembro de 2015 postado por Renato Campos

    3_possiveis_destinos_para_nick_young

    Após falar o que todo mundo sabe, mas poucos tem coragem de dizer, Nick Young ficou por duas partidas na geladeira do técnico Byron Scott. Young, há algumas semanas, disse que o time não tinha identidade ofensiva e que os jogadores pareciam estar em uma sessão de circo dentro de quadra. Com razão, ou não, Young deveria ficar quieto.

    Mesmo com o técnico Byron Scott tendo noticiado que Young continuaria de fora, o jogador acabou ganhando uma nova chance após Metta World Peace se complicar por faltas. Mas a presença de Young em quadra não durou muito. Foram sete minutos sem sequer um ponto para Young arrumar uma briga e talvez ter selado seu período no Lakers.

    Se o técnico Byron Scott queria um motivo melhor para manter Young de fora. Agora ele tem.

    Com uma campanha péssima e com necessidade de uma chacoalhada no ambiente, Nick Young pode ter aberto uma chance para uma possível troca com algum time que ainda acredite na qualidade do jogador. Antes mesmo da temporada começar e com a chegada de Lou Williams ao time, Young já era alvo de rumores de trocas.

    Mas e se realmente o Lakers quiser testar o mercado de Nick Young. Quais os times que possivelmente gostariam de ter seus serviços? Listamos três deles abaixo:

    1 - Atlanta Hawks

    Apesar do time do Hawks ocupar a quinta posição da Conferência Leste, o time tem problemas na ala-aberta. Após começar as 12 primeiras partidas do time como titular, Kent Bezemore voltou para o banco dando vez ao defensivo Thabo Sefolosha. 

    Mesmo jogando por menos tempo, Young tem tido rendimento muito parecido com os colegas de posição de Atlanta. Em 36 minutos, Young tem médias de 18 pontos por jogo, melhores do que os 15 e 11 de Bazemore e Sefolosha respectivamente.

    Com isso, o Lakers poderia muito bem tentar uma negociação com o jovem Tim Hardway Jr que esquenta o banco do time, mas o que mais interessaria seria talvez uma troca por escolhas de Draft.

    2 - Los Angeles Clippers

    Eles podem não admitir, mas o Clippers tem sérios problemas na ala-aberta hoje. Nesta offseason, o primo pobre assinou com Paul Pierce, Lance Stephenson e nosso velho conhecido Wesley Johnson. Com a trinca, o Clippers acreditava que teria sanado o problema da posição, mas na prática isso hoje não acontece.

    Pierce, Johnson e Stephenson tem médias de 4.8, 4.7 e 4.9 pontos por jogo e para se ter uma ideia de tamanha dúvida na posição, Luc Mbah a Moute foi o titular do time em um jogo contra o Wolves na última semana.

    Young pode não ser a melhor solução, mas poderia produzir muito mais que a trinca atual.

    3 - New Orleans Pelicans

    O Pelicans ocupa a penúltima posição da Conferência Oeste, justamente na frente do Lakers. As expectativas eram grandes para o time nesta temporada, mas as contusões e a falta de entrosamento complicaram os planos por lá até agora.

    No momento, Alozo Gee é o titular da posição e fazendo dupla com Eric Gordon, o Pelicans não tem outro armador da posição dois no seu elenco. O time hoje ocupa a posição de número 13 em pontuação e é a pior defesa da liga permitindo 108.9 pontos dos adversários.

    Pensar que você teria Nick Young jogando junto com Eric Gordon pode parecer problemático, mas se Young funciona com Lou Williams e Kobe Bryant, ele pode jogar com qualquer outro jogador.

    Young seria um upgrade instântaneo para o time que conta com Luke Babbit, Alonzo Gee e Cunningham que não passam de seis pontos de média por jogo. Entendendo o sistema do time, Young poderia produzir com facilidade de 15 a 18 pontos de média por lá.

    O mercado para Young é bastante restrito, mas se o Lakers resolver dispensar os seus serviços vai ter time de olho nas habilidades de Swaggy P.

    E você? Acha interessante uma troca envolvendo Nick Young? Comente!

    Fala aí!