Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    16 de Dezembro de 2015 por Renato Campos

    Por pelo menos uma noite, tudo estava em perfeita harmonia em Los Angeles. Foi assim que o Lakers passou o carro por cima do Bucks no Staples Center por 113-95. 

    Apesar de ter começado mais uma partida em marcha lenta, o Lakers se ajustou para vencer o time que acabou com a série invícta de partidas do Warriors. O time de D'Angelo Russell e companhia mostrou comprometimento durante toda a noite, incluindo uma surra nos rebotes (52-38) com 18 deles sendo ofensivos e uma penca de pontos de segundas chances. O ataque do time parecia mais entrosado do que nunca com a bola passando de mão em mão até um companheiro bem posicionado para pontuar. A movimentação fez o time ter um bom aproveitamento da linha dos 3 pontos acertando 10 dos totais 27 arremessos.

    A molecada liderada por D'Angelo Russell trouxe muita energia para o jogo. O armador fez novamente uma grande partida marcando 19 pontos e batendo seu recorde de assistências quando distribuiu sete delas. Ainda, Russell roubou três bolinhas e cometeu apenas um turnover durante todo o jogo. 

    Russell está entendendo o ritmo de jogo muito melhor agora. Ele está jogando mais confortável. @KobeBryant

    Eu havia dito em matérias anteriores que desde que Russell voltou ao time titular pela ausência de Clarkson, o nosso Julius Randle tinha caido de produção. O técnico Byron Scott chegou a dizer que era por falta de vontade, mas a meu ver, com uma segunda unidade fraca e desconfigurada, Randle sentiu falta de Russell para comandar o time que vem do banco. Ontem, com 14 pontos e 14 rebotes, a teoria parece que se confirmou. Randle voltou a ser dominante e muito ativo na tabela ofensiva. Já Larry Nance, não foi tão dominante assim como Randle. O garoto foi modesto ao marcar quatro pontos e cinco rebotes, mas deu uma enterrada pra cima da defesa do Bucks que merece entrar nas vinhetas do time.

    Kobe voltou a ser um jogador de NBA. Se o Black Mamba se mostrava bastante enferrujado nos primeiros jogos de sua turnê de despedida, ele vem mostrando que está se sentindo mais a vontade a cada jogo. Ontem, Kobe marcou 22 pontos em um bom aproveitamento de 7-15 e ainda distribuiu seis assistências. Kobe escolheu muito bem seus arremessos e praticamente sozinho garantiu uma sequência de 10-0 no terceiro período e nos fez relembrar dos velhos tempos do cara da camisa 24. 

    Kobe é Kobe. Se você lhe der uma oportunidade, ele vai deixar você constrangido. E foi isso que ele fez com a gente hoje. @JasonKidd

    Agora, o Lakers descansa nesta quarta feira e já amanhã enfrenta o Rockets em Los Angeles e logo depois o Thunder e o Nuggets fora de casa.

    Atuações:

    HIBBERT: 12 pts, 11 reb, 2 ast e 1 toc em 24 min (5-9 FG);
    NANCE: 4 pts, 5 reb e 2 ast em 23 min (2-2 FG);
    BRYANT: 22 pts, 3 reb e 6 ast em 27 min (7-15 FG);
    WILLIAMS: 16 pts, 3 reb, 4 ast e 1 rbo em 32 min (4-9 FG);
    CLARKSON: 12 pts, 6 reb, 3 ast e 3 rbo em 33 min (5-14 FG);

    RANDLE: 14 pts, 14 reb e 1 ast em 25 min (6-12 FG);
    RUSSELL: 19 pts, 4 reb, 7 ast e 3 rbo em 30 min (7-13 FG);
    SACRE: 4 pts, 3 reb, 1 ast e 2 toc em 22 min (2-5 FG);
    HUERTAS: 0 pts em 2 min (0-1 FG);
    BASS: 0 pts e 2 reb em 2 min (0-1 FG);
    YOUNG: 10 pts e 1 reb (3-8 FG);

    Bucks

    G. ANTETOKOUNMPO: 15 pts, 6 reb, 5 ast em 35 min (6-11 FG);
    M. CARTER-WILLIAMS: 19 pts, 5 reb, 5 ast, 2 rbo e 1 toc em 32 min (9-18 FG);

    Fala aí!