Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    29 de Março de 2016 por Renato Campos

    A partida de ontem contra o Jazz foi tão devastadora para o Lakers, que poderia resumir esta análise em apenas uma frase: Robert Sacre em oito minutos fez mais do que D'Angelo Russell em 29. 

    É duro acreditar, mas é verdade. Ontem, do ínicio ao fim, o Lakers foi dominado pelo Jazz que ainda disputa uma das últimas vagas para os playoffs e não tomou conhecimento de Kobe Bryant e companhia. 

    Tank não existe. Ninguém perde de propósito ao ponto de igualar a pior derrota da história da franquia

    Kobe por sinal, recebeu uma bela homenagem a qual o Jazz entitulou de Amor e Ódio. O ódio fica por conta de tudo que o Black Mamba já fez esta pacata franquia passar. Mas ontem, talvez pela boa acolhida do povo de Salt Lake, Kobe nada fez. Com uma cesta apenas nos 28 minutos, Kobe foi o retrato de um time desorganizado, sem vontade e completamente sem comando. Se por várias vezes digo que tank não existe, onde foi a maior prova disto. Ninguém perde de propósito ao ponto de igualar a pior derrota da história da franquia. O time é fraco e ponto final.

    Julius Randle irreconhecível

    Se Randle estava sendo um dos jogadores mais regulares dos últimos jogos, ontem pareceu que esqueceu tudo que aprendeu ao longo desta temporada. Apagado, pegou apenas um rebotes e marcou míseros dois pontos. Completamente dominado por Gobert e Favors, o garrafão do Lakers era um prato cheio para a dupla de Utah. Hibbert e Randle juntos, pegaram apenas sete rebotes. Gobert sozinho dominou a tábua com 19 deles.

    Russell faz seu primeiro ponto apenas no último período

    Russell até que tentou, mas de cara o técnico Byron Scott sacou o garoto e deixou ele observando o início da partida no banco. Com uma defesa fraquíssima, Russell e Clarkson observavam a excelente partida de Rodney Hood que já no primeiro tempo doutrinava pra cima da dupla do Lakers com uma marca de 30 pontos e oito bolas de três pontos. Russell terminou o jogo com cinco pontinhos. Já Clarkson voltou mais ligado no segundo tempo e terminou a noite com 12 pontos e 8 rebotes. 

    Você precisa mostrar a organização que merece estar aqui e o significado de usar este uniforme. Muitos dos que estão aqui hoje não entendem isto. @ByronScott

    O Lakers tem o dia de descanso e volta a jogar nesta quarta, contra o Heat em Los Angeles.

    Agora faltam oito partidas para o final da temporada.

    Atuações:

    HIBBERT: 8 pts e 6 reb em 24 min (3-6 FG);
    RANDLE: 2 pts e 1 reb em 24 min (1-5 FG);
    BRYANT: 5 pts, 2 ast e 1 rbo em 28 min (1-11 FG);
    CLARKSON: 12 pts, 8 reb, 2 ast e 2 rbo em 34 min (5-18 FG);
    RUSSELL: 5 pts, 2 reb, 1 ast e 1 rbo em 29 min (2-11 FG);

    HUERTAS: 6 pts, 1 reb e 2 ast e, 18 min (4-6 FG);
    WORLD PEACE: 5 pts, 1 reb e 1 ast em 12 min (2-3 FG);
    BASS: 2 pts, 2 reb e 1 ast em 12 min (1-2 FG);
    KELLY: 6 pts, 6 reb, 1 ast e 1 toc em 17 min (3-8 FG);
    BLACK: 3 pts, 5 reb, 1 rbo e 1 toc em 12 min (1-4 FG);
    SACRE: 5 pts e 4 reb em 8 min (1-3 FG);
    WILLIAMS: 16 pts, 1 reb e 1 ast em 18 min (4-6 FG);

    Jazz

    R.HOOD: 30 pts e 3 reb em 29 min (11-13 FG);
    R.GOBERT: 8 pts, 19 reb e 4 ast em 28 min (3-8 FG);
    D.FAVORS: 14 pts, 9 reb, 1 ast e 1 rbo em 27 min (6-12 FG);

    Fala aí!