Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    06 de Março de 2016 por Renato Campos

    Aprendam uma coisa: nunca a batalha está perdida quando houver confiança e determinação. Foi com esse pensamento, que o Lakers derrotou neste domingo o Golden State Warriors com facilidade em Los Angeles por 112-95. Se você não viu a partida, trate de ver. O Lakers dominou o atual campeão do início ao fim, com uma partida escandalosa de Marcelinho Huertas que fez americano levantar para aplaudi-lo no final do jogo. 

    Russell e Clarkson superam Curry e Thompson

    O Warriors chegou a Los Angeles com aquela pose de campeão das galaxias e se deu mal. Desde o primeiro minuto, o Lakers mostrou que não venderia barato a última partida de Kobe Bryant contra o time dourado. No retorno de Jordan Clarkson, o menino mostrou o quando é valioso e foi o cestinha do time com 25 pontos com um aproveitamento próximo aos 50%. Se não bastasse, Russell também começou com tudo e logo nos primeiros momentos do jogo já tinha mais de 10 pontos e levava larga vantagem no confronto contra Curry. D'Angelo ficou de fora por grande parte do segundo tempo, mas conseguiu fechar a noite com 21 pontos e um belo aproveitamento de 6-pra-14. Vale ressaltar que o jogador foi bastante agressivo atacando a cesta por diversas vezes e acertando todos os seus seis lances-livres.

    Kobe discreto. Randle com mais um duplo-duplo

    Kobe fez uma partida bastante discreta acertando apenas quatro dos seus 14 arremessos. Em 24 minutos, o Black Mamba marcou 12 pontos e nem precisou se esforçar demais para ajudar na vitória do time. Kobe ficou boa parte do último período no banco, acompanhando a boa partida coletiva do time. Dos 10 jogadores utilizados por Byron Scott, apenas Hibbert e World Peace, que jogou apenas um minuto, tiveram menos de 10 pontos. Outro que se destacou no jogo foi Julius Randle. Apesar de algumas jogadas equivocadas no garrafão, Randle foi decisivo nos rebotes e conquistou mais um duplo-duplo na temporada terminando o jogo com 12 pontos e 14 rebotes.

    Huertas: o dono do jogo

    Se o Lakers fez uma boa partida coletivamente, pode dar todos os créditos para Marcelinho Huertas. Que partida do nosso brazuca. Como na pré-temporada, Huertas foi envolvente e decisivo em diversas jogadas. Não seria exagero nenhum dizer que ele foi o responsável por ditar o ritmo do jogo e o maior incentivador da melhor apresentação da equipe até aqui. Com 10 pontos e nove assistências nos 27 minutos que participou do jogo, Huertas foi ovacionado de pé pela torcida que esteve no Staples Center. 

    O Marcelo foi nosso MVP da noite. @ByronScott

    O domingo termina assim. Se você não esperava um resultado positivo, nunca imaginaria uma vitória tranquila a favor do nosso Lakers. Hoje, a camisa pesou. Hoje deu a tradição.

    Atuações:

    HIBBERT: 2 pts, 5 reb, 1 rbo e 2 toc em 21 min (1-3 FG);
    RANDLE: 12 pts, 14 reb e 2 ast em 29 min (6-12 FG);
    BRYANT: 12 pts, 2 reb e 3 ast em 24 min (4-14 FG);
    CLARKSON: 25 pts, 4 reb e 2 rbo em 37 min (10-21 FG);
    RUSSELL: 21 pts, 3 reb, 5 ast e 4 rbo em 32 min (6-14 FG);

    HUERTAS: 10 pts, 2 reb, 9 ast, 1 rbo e 1 toc em 27 min (4-6 FG);
    BASS: 13 pts, 7 reb e 1 ast em 27 min (5-7 FG);
    WORLD PEACE: 0 pts e 1 rbo em 1 min (0-0 FG);
    NANCE JR.: 4 pts, 2 reb, 1 ast e 2 rbo em 19 min (2-2 FG);
    YOUNG: 13 pts, 2 reb, 2 ast e 1 rbo em 22 min (3-8 FG);

    Warriors

    S.CURRY: 18 pts, 6 reb, 4 ast e 1 rbo em 34 min (6-20 FG);
    K.THOMPSON: 15 pts, 4 reb, 2 ast e 2 rbo em 30 min (7-20 FG);
    D.GREEN: 9 pts, 10 reb, 9 ast e 1 toc em 33 min (2-7 FG);

    Lances Completos

    Lances Lakers

    Fala aí!