Espalhe!
  • Bate Papo 0

    É fato que a temporada 2015-16 está chegando ao fim. Aposentadoria de Kobe Bryant, D’Angelo Russell finalmente mostrando a que veio, Randle cumprindo sua promessa de médias de duplos-duplos, Clarkson sempre melhorando... Esqueça. Nada de figurinhas repetidas, hoje iremos falar sobre Larry Nance Jr. 

    O melhor draftado dos últimos da fila?

    Na hora que Adam Silver pronunciou o nome do Nance, grande parte dos torcedores não gostou da escolha. Com nomes como Kevon Looney, R.J. Hunter e Robert Upshaw disponíveis, por que escolher um cidadão que estava cotado para ser a 58° escolha? Mais uma vez, Mitch calou nossas bocas e ‘’mitou’’. Larry Nance Jr. é, com folgas, o melhor novato do ano se contarmos da 23° escolha até o final do Draft. Veja:

    Larry conta com médias de quase 6 pontos e 5 rebotes nos 20 minutos em quadra. Convertendo para 36 minutos, as médias pulam para 10 pontos e 9 rebotes. Em comparação com outros novatos, leva vantagem. R.J. Hunter possui médias de 2 pontos nos 10 minutos que fica em quadra. Montrezl Harrell conta com médias semelhantes, com 3.6 pontos em quase 10 minutos em quadra. Kevon Looney se machucou e jogou apenas 5 jogos. Já Rondae Hollis-Jefferson (que nem tivemos direito de escolher), registra médias de aproximadamente 5 pontos nos 21 minutos em quadra.

    Outro dado importante, é que depois das escolhas de loteria, ele só não faz uma melhor temporada que Bobby Portis, do Chicago Bulls. Portis foi a 21° escolha e joga em um time muito mais estruturado que o Lakers. Nance foi a 27° e joga em um time em que o próprio técnico afirmou que não tinha jogadas definidas para ele. Ou seja, os números dele poderiam estar bem melhores.  Além disso, ambos os jogadores disputam espaço com outros bons jogadores. Com mais tempo em quadra, talvez conseguissem produzir ainda mais.

    Com todos esses dados, chega-se a conclusão que o melhor a se fazer no dia do Draft é confiar no taco de Mitch e companhia e correr pro abraço. Larry Nance Jr. foi mais um tiro no alvo, e, agora, além de termos uma rotação de alas pivôs muito promissora, temos um potencial campeão do Slam Dunk Contest. Aliás, abre o teu olho, Zach LaVine. Seu posto está ameaçado.

    Confira lances de Nance Jr. em sua primeira temporada

    Fala aí!