Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    10 de Setembro de 2016 por Renato Campos

    Ontem foi o dia do Shaq! Ao lado de Allen Iverson e Yao Ming, o grande pivô entou para a lista seleta do Hall da Fama do Basquete. 

    E não tem nenhum torcedor no mundo que pudesse discordar de tal honra recebida pelo jogador. Shaq revolucionou a posição de pivô e com ele algumas artimanhas tiveram que ser criadas para que os demais jogadores pudessem conter o seu talento com o tal Hack-a-Shaq. 

    Surgindo no Magic, formando uma bela dupla com Penny Hardaway, Shaq logo chegou as finais da NBA em 1995 quando o seu time foi varrido pelo experiente Rockets por 4x0. 

    Mas foi no Lakers a sua grande fase. Ao lado de Kobe Bryant, Shaq conquistou seus três primeiros títulos e se tornou ídolo em uma grande franquia. Com sua camisa 34 aposentada e com uma estátua prontinha para ser exibida do lado de fora do Staples Center, Shaq vai ficar em nossa memória por muitos anos. 

    Voltando a cerimônia de ontem, o discurso de Shaq não poderia ser diferente e foi um caso a parte. Em seus agradecimentos, Shaq não esqueceu a família, alguns companheiros do Magic, mas o ponto que mais agradou o público foi quando agradeceu Kobe Bryant. E claro, com uma piada:

    Quero agradecer ao grande Kobe Bryant, o cara que me incentivou a vencer meus três títulos seguidos, e também que incentivou a diretoria a me trocar com o Miami. @Shaquille O'Neal

    E foi assim, brincando e sorrindo que Shaq agradeceu a grande honra de ter se tornado mais um lendário jogador a fazer parte do Hall da Fama.

    Shaq, não mude nunca.

    Obrigado por tudo.

    Fala aí!