Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    22 de Janeiro de 2017 por Renato Campos

    E como o tempo passa rápido. Há 11 anos, Kobe Bryant fazia história ao marcar 81 pontos em uma única partida. Contra o Raptors, Kobe comandou o Lakers na vitória por 122 a 104 frente aos olhos de torcedores incrédulos do que testemunhavam no Staples Center.

    Time tinha nomes como Kwame Brown e Smush Parker

    O time do Lakers titular naquele jogo já tinha algumas peças do que se tornaria um time campeão em poucos anos, mas ainda era muito deficiente. Com Andrew Bynum de fora por escolha do técnico Phil Jackson, o time time Kwame Brown e Chris Mihm no garrafão, Lamar Odom jogando aberto na ala, Kobe Bryant e Smush Parker na armação. Contando com os reservas, que tinha nomes como Sasha Vujacic, Luke Walton e Brian Cook, apenas Chris Mihm e Smush Parker marcaram mais de 10 pontos. 

    Lamar Odom ficou próximo de triplo-duplo

    O curioso desta partida é que Lamar Odom ficou muito próximo de um triplo-duplo com oito pontos, 10 rebotes e 7 assistências. Com baixo aproveitamento, de uma cesta em sete arremessos, Odom começou a distribuir mais as bolas ao perceber que seu companheiro estava impossível aquela noite. 

    Competidor nato, Kobe comentou na época que poderia ter feito mais pontos e analisou algumas situações:

    Eu fiquei de fora por seis minutos no segundo período. Eu poderia ter feito uns 15 pontos nesse tempo. Se eu não estivesse de fora nesse momento do jogo, eu poderia ter feito 40 pontos no primeiro tempo. Dava para terminar a partida com mais de 90 pontos. Eu errei dois lances livres após ter feito 62 seguidos. Eu fiz alguns arremessos que tive a marcação frouxa, mas acabei errando. Tive muitas oportunidades para marcar que acabei não fazendo. @KobeBryant

    Confira os números de Kobe na partida:

    Total de 46 arremessos (28 acertos)

    20 lances livres (18 acertos)

    13 bolas de 3 pontos (7 acertos)

    6 rebotes

    2 assistências

    3 roubos

    1 toco

    42 minutos

    Fala aí!