Espalhe!
  • Bate Papo 0

    Magic Johnson esteve na última segunda-feira em reunião com Mitch Kupchak e Jim Buss discutindo a construção do time e possíveis estratégias visando a data limite de 23 de fevereiro para negociações envolvendo trocas de jogadores.

    Todos temos que estar alinhados neste momento. O que temos que nos preocupar agora não é só sobre o presente, mas como é afetado o futuro do Lakers. É por isso que temos que estar pensando a mesma coisa.

    Na semana passada, Magic chegou a declarar que gostaria muito de “tomar decisões” no futuro, mas que o encontro é apenas para aconselhar os atuais tomadores de decisão no Lakers, Kupchak e Buss.

    Esta declaração causou certo furor entre torcedores e membros da imprensa, afinal, como iriam reagir Mitch e Jim ouvindo isso? Magic fez questão de abordar novamente o tema.

    Na semana passada alguém me perguntou se eu queria comandar as decisões. Eu disse que minha posição era de conselheiro. Então ele disse ‘você quer tomar decisões?’ e eu disse ‘eu gostaria muito de tomar decisões’, mas sei que sou um conselheiro. Jim é quem toma as decisões. Sou apenas um conselheiro. Mas quero certificar que tenho algum tipo de influência, e então ele decide como quer usar meus conhecimentos. Quando digo tomar decisões, é mais no sentido ‘alguém precisa ter a decisão final. Gostaria muito que fosse eu. Todos tem uma opinião, e então alguém precisa tomar a decisão definitiva. Uma vez que a gente reúna todos os fatos, eu gostaria de ser a pessoa que decide no fim.

    E caso um dia este poder seja dado à Johnson, ele já sabe qual será a primeira atitude.

    A primeira ligação que eu faria se estivesse no comando? Kobe Bryant. O Kobe entende sobre vencer. Ele entende, inclusive, estes jogadores. Eu ligaria: ‘que posição você quer? ... Se tiver só um dia, eu aceito este dia. Qualquer que seja o tempo que ele tenha, quero que venha e faça parte disso.

    Fala aí!