Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    23 de Março de 2017 por Renato Campos

    Muito se falou após a saída de Mitch Kupchak e Jim Buss do comando das operações de basquete do Lakers. E uma das principais questões, foi como o Lakers agiu em relação a uma possível negociação por DeMarcus Cousins.

    Em um podcast com os repórteres Zach Lowe e Ramona Shelbourne da ESPN, detalhes do porque da negociação não ter ido pra frente foram revelados. Segundo Ramona, o Kings tinha interesse em D'Angelo Russell e Brandon Ingram. Para ela, Jim Buss estava muito inclinado em aceitar a oferta, já que queria muito ter o pivô em Los Angeles.

    Jim Buss era muito favorável a troca de Brandon Ingram e D'Angelo Russell por DeMarcus Cousins.

    Pelo que parece, Mitch Kupchak estaria contra a negociação para manter o processo de evolução dos garotos. Sendo assim, porque será que do dia para a noite o então GM foi demitido? E se o motivo não era relacionado a este assunto, porque até hoje o Lakers sequer mostrou gratidão pelo trabalho exercído por Kupchak ao longo de tantos anos?

    Parece que esta história ainda está longe de ser realmente revelada. Mas é muito bom saber que mesmo em um momento que sua carreira estava por um fio, Mitch Kupchak honrou o seus planos de evoluir dois dos principais pilares da renovação do time.

    Fala aí!