Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Sérgio Segundo

    26 de Dezembro de 2018 por Sérgio Segundo

    Pela primeira vez durante a temporada, o Los Angeles Lakers e o Golden State Warriors se encontraram na temporada, dessa vez com um gostinho especial, já que foi a primeira partida oficial entre as duas equipes desde que LeBron James se tornou um laker. Não foi à toa que, por isso, a liga resolveu "guardar" esse encontro em Oakland para a rodada de Natal, com o espetáculo terminando em 127-101 a favor da equipe visitante. O problema foi a lesão do astro roxo-e-dourado. Entenda:

    Sem JaVale McGee, Ivica Zubac foi pro quinteto titular, graças às suas últimas boas exibições em quadra. Durante o primeiro tempo, o time de Los Angeles dominou, jogou muito bem e mostrou uma forte conexão. O jogo coletivo foi um ponto forte, assim, os atuais campeões da NBA foram para o intervalo com 15 pontos de desvantagem, diferença consolidada pelos angelinos principalmente no segundo período.

    Leia: LeBron se contunde durante Rodada de Natal e vira dúvida no Lakers

    Na outra metade do jogo o placar ficou apertado e as equipes distanciadas somente por 4 pontos. Isso também contou com uma "ajuda" do destino, pois no início do mesmo período, LeBron (que estava sendo o destaque da partida juntamente com o cestinha Kevin Durant e com Andre Iguodala, que anotou a sua maior pontuação na temporada pelo lado rival) sentiu a perna e saiu de quadra. Não voltou mais, e corre risco de não estar disponível contra o Sacramento Kings. Com isso, os dois principais nomes do Lakers se consolidaram: Rajon Rondo foi o líder, colocou Lonzo Ball no banco e assumiu a responsabilidade na armação. Aliado a ele, lá estava Zubac, em mais uma ótima atuação, tanto defensiva quanto ofensivamente, terminado até com um duplo-duplo. Enfim, os dois, juntamente com "LBJ", Brandon Ingram, Kyle Kuzma, Lance Stephenson e Josh Hart que também anotaram uma pontuação de dois dígitos, foram fundamentais para anular Stephen Curry, Klay Thompson e companhia, assim, os 4 pontos de vantagem encerraram a partida transformados em 26. 

    Com a vitória sobre um concorrente direto, a franquia de Los Angeles se consolida como o detentor de uma das campanhas do Oeste, isolado na quarta colocação e mais próximo do terceiro colocado Oklahoma City Thunder, que perdeu para o Houston Rockets. Os próximos 3 confrontos da equipe, assim como este ainda serão contra equipes do estado da Califórnia, e na quinta-feira, o Sacramento Kings fora de casa será o desafio angelino.

    lal

    war

    Fala aí!