Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Sérgio Segundo

    17 de Dezembro de 2018 por Sérgio Segundo

    Após vencer o Charlotte Hornets num jogo espetacular, o Los Angeles Lakers foi para a capital enfrentar o Washington Wizards. Numa partida de muitos erros do time, a queda veio por 128-110, placar que poderia ser bem pior se não fosse por alguns fatores.

    O primeiro tempo foi ainda pior para o Lakers. LeBron James, que não teve boa atuação no confronto, teve muitas dificuldades para pontuar, assim como Kyle Kuzma. Geralmente os dois estão entre os jogadores que anotam o maior número de pontos do Lakers, e com essa baixa eficiência, o time se viu em uma situação complicada. Mas nem tudo foi demérito da franquia californiana que estava no segundo jogo da “back-to-backs”, já que John Wall foi simplesmente espetacular. O armador “Wizard” fez 28 pontos só na primeira metade da partida, mais do que qualquer jogador do time de Los Angeles conseguiu marcar durante toda a partida.

    De qualquer sorte, nem tudo são horrores. Foi nesse embate que alguns pontos puderam ser analisados e considerados. Sabendo que JaVale McGee não pôde entrar em quadra por conta de uma gripe, mais minutos foram cedidos a jogadores que não possuem muito espaço no elenco, como o calouro Moritz Wagner. Lembrando também que Rajon Rondo e Brandon Ingram continuam lesionados, Svi Mykhailiuk e Lance Stephenson também jogaram mais tempo. Por fim, os destaques ficaram por conta da recuperação de Kyle Kuzma no segundo tempo, terminando com 20 pontos; e das boas atuações de Lonzo Ball (destaque defensivamente, protegendo o perímetro e o garrafão, saindo com 3 roubos e 2 tocos) e Kentavious Caldwell-Pope, que foi o cestinha do time com 25 pontos, um dos principais responsáveis para diminuir a vantagem dos mandantes.

    Após esse duelo, LeBron e o Lakers em geral poderão se redimir na terça-feira, ainda na estrada, quando visitarão o Brooklyn Nets em Nova York.

    lal

    wiz

    Fala aí!