Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Sérgio Segundo

    11 de Dezembro de 2018 por Sérgio Segundo

    Após Dwyane Wade anunciar durante a agência livre que esta será sua última temporada antes de se aposentar, já sabíamos que o último duelo entre Los Angeles Lakers e Miami Heat no calendário seria também a última vez que LeBron James enfrentaria o seu melhor amigo, com quem conquistou dois títulos da NBA. No confronto direto eram quinze vitórias para cada um dos dois, mas hoje, com a vitória do Lakers por 108-105, o desempate veio.

    Nessa partida, pudemos ver que basquete é muito mais do que um esporte. Vindo do banco, ao pisar na quadra, Wade viu a torcida adversária aplaudindo de pé. Em cada grande jogada dele, a cena se repetia. Contudo, a partida não começou sendo um espetáculo, já que ambas equipes estavam errando muito: air ball, turnover, errar bandeja livre, "toco" do aro; os dois times protagonizaram cenas inacreditáveis, mas não, isso não foi um elogio. 

    O ritmo de jogo foi melhorando, a franquia de Los Angeles foi crescendo e tomou a liderança, que foi conquistada já no segundo período pelo Heat. A partir daí, a partida se tornou equilibrada até o fim, com destaque para algumas ótimas atuações. Kyle Kuzma foi o cestinha da partida com 33 pontos, sendo muito eficiente em seus arremessos. Lonzo Ball provou mais uma vez ser um defensor de elite, algo que não é visto nas estatísticas. E o que dizer de LeBron? Chegou muito próximo do triplo-duplo, faltando somente 1 rebote para completá-lo, mas presenteou a quem viu o jogo com lindos lances, dentre eles duas enterradas espetaculares.

    No final da partida, posse com a franquia da Flórida, Wade erra o arremesso de 3 pontos, rebote ofensivo e o time tenta mais uma vez o empate, mas a bola não entrou. LeBron pega o rebote, joga a bola para cima e, com o fim do jogo, dá aquele abraço no seu amigo de velha data. Os embates entre ele e "The Flash" Wade estavam desempatados. Mesmo assim, o placar de 108-105 não pôde mostrar tudo de um jogo que entrou pra história, não pelos times ou pelo resultado, mas pelo fato de que aquela foto tirada no fim com os dois atletas segurando a camisa um do outro, marcaria a última vez em que essas duas lendas que inspiraram uma geração e marcaram o esporte se enfrentaram. Ainda assim a temporada está longe de acabar, e o Lakers está de volta na quinta-feira, quando vai ao Texas encarar o Houston Rockets.

    Fala aí!